Carlos Lupi admite falha em sistema anticorrupção em ONGs

Como o iG revelou, sistema criado pelo governo em 2008 opera de forma parcial. Ministro defende tesoureiro do PDT

iG Brasília |

AE
Ministro Carlos Lupi
O ministro do Trabalho, Carlos Lupi, reconheceu “falhas” no sistema eletrônico do governo usado para evitar corrupção em convênios com Organizações Não-Governamentais (ONGs). Nesta quinta-feira, o iG publicou reportagem sobre plataforma criada em 2008 que funciona só de forma parcial .

Leia também: "Presidente Dilma, desculpe se eu fui agressivo. Eu te amo", diz Carlos Lupi em comissão

Na sexta-feira passada, o portal já havia revelado a existência de um relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) que qualificou como “crítica” a falta de prestação de contas de entidades contratadas pela pasta do Trabalho .

Questionado sobre os dois assuntos tratados em reportagens do iG em audiência na Câmara dos Deputados, Carlos Lupi resolveu responsabilizar o sistema eletrônico. “Teve um problema no sistema. Em determinado momento, paramos de usar papéis”, disse.

Lupi, no entanto, não soube explicar de forma detalhes porque existem mais de 500 convênios sem prestação de contas realizadas. Mesmo assim, o ministro fez uma promessa arriscada: “80% dos problemas poderão estar resolvidos até o fim do ano”, ressaltou.

Em defesa de tesoureiro

Nesta quinta-feira, o portal também publicou reportagem mostrando o superfaturamento de lanches e aluguel de computadores por ONGs ligadas ao PDT de Goiás . Até o fim do ano passado, o diretório foi comandado pelo ex-chefe de gabinete do Trabalho, Marcelo Panella.

Tesoureiro nacional do PDT, Panella também é acusado de achacar ONGs contratadas pelo ministério. Na audiência hoje na Câmara, Lupi fez uma defesa contundente do ex-chefe de gabinete, que disse ser seu amigo “há 25 anos”.

“Tenho uma relação de amizade. Para mim, não há título mais importante do que lealdade. E digo que não há possibilidade de ele estar envolvido. Tenho absoluta confiança em Marcelo de Oliveira Panella”, afirmou o ministro do Trabalho.

    Leia tudo sobre: crise no trabalhoongscarlos lupi

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG