Cardozo pretende reforçar policiamentos nas fronteiras

Futuro ministro da Justiça traçou como prioridade o combate ao crime organizado, ao tráfico de drogas e ao contrabando

Agência Estado |

selo

Uma das primeiras iniciativas do futuro ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, na próxima semana, será uma reunião com o titular da Defesa, Nelson Jobim, para discutir o reforço no policiamento das fronteiras e medidas para dar agilidade a acordos de cooperação com os países vizinhos. A redução da vulnerabilidade dessas áreas é uma das prioridades do combate ao crime organizado, segundo Cardozo.

AE
Futuro ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, encontra Nelson Jobim na 1º semana de 2011 para falar das fronteiras brasileiras
Reportagem do Estado revelou que um estudo do governo detalhou as deficiências no combate ao contrabando e ao tráfico de drogas nessas localidades. "Se não tivermos integração de polícias e de políticas não conseguiremos combater de forma eficaz o crime organizado. Dificilmente se avança no combate ao crime organizado se não tiver aprofundamento na relação com países de fronteira", afirmou nesta quarta-feira (29) o futuro ministro.

Documentos do governo americano vazados pelo site WikiLeaks apontaram o Brasil como ponto fundamental na rota mundial do tráfico. "A nossa preocupação não é só com a fronteira com a Bolívia, mas com todas as fronteiras", disse Cardozo.

Ele elogiou o atual ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto, que voltará para a secretaria-executiva da pasta, e prometeu intensificar as ações de vigilância e combate ao crime na faixa de fronteira, que se estende por 15.719 quilômetros de 11 Estados. Cardozo deixou clara a preocupação em criar uma política conjunta de combate ao crime com os países vizinhos. "Já está havendo entendimentos e acordos e a ideia é agilizá-los e aprofundá-los", informou. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: josé eduardo cardozonelson jobim

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG