Capiberibe vai assumir vaga no Senado com decisão sobre Ficha Limpa

Supremo aceitou recurso e ele vai tomar posse. Capiberibe foi cassado em 2006 após denúncia de compra de votos na eleição anterior

Agência Brasil |

AE
João Alberto Capiberibe
João Alberto Capiberibe deverá ser o primeiro político a assumir uma vaga no Senado após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de considerar que a Lei da Ficha Limpa só valerá a partir das próximas eleições. O ministro Luiz Fux, do STF, aceitou recurso apresentado por Capiberibe contra indeferimento do registro de sua candidatura ao Senado no ano passado, com base na Lei da Ficha Limpa.

Leia também: Fux garante mandato de Capiberibe

A decisão de Fux será enviada à Justiça Eleitoral para que Capiberibe possa ser diplomado senador pelo Estado do Amapá. Ele deverá assumir a vaga do senador Gilvan Borges (PMDB-AP). A esposa de Capiberibe, Janete Capiberibe (PSB-AP), que também tinha sido barrada pela Lei da Ficha Limpa, já tomou posse na Câmara como deputada federal.

O casal Capiberibe foi cassado em 2006 após denúncias de compra de votos na eleição anterior. Por conta da cassação, João e Janete acabaram sendo barrados pela Lei da Ficha Limpa.

A posse do novo senador ainda não tem data marcada. Primeiro, caberá à Justiça Eleitoral do Amapá diplomá-lo. Depois disso, a Justiça Federal deverá comunicar o Senado sobre a decisão para que Capiberibe seja convocado e tome posse.

    Leia tudo sobre: João Alberto Capiberibeamapáficha limpa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG