Câmara dos Deputados aprova criação de 66 cargos para o PSD

Os novos cargos custarão à Câmara cerca de R$ 10 milhões até o final da atual legislatura

Agência Brasil |

AE
O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab
A Câmara dos Deputados aprovou a criação de 66 novos cargos e funções comissionadas para atender a estrutura do novo partido, o PSD, capitaneado pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab. A criação dos cargos foi feita por meio de projeto de Resolução da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados. O partido já conta com 48 deputados federais.

Leia também: PSD se divide sobre vaga em Ministério de Dilma

Pela resolução, os novos cargos criados hoje serão extintos ao término desta legislatura, quando os cargos hoje existentes para atender a estrutura dos atuais partidos serão redistribuídos de acordo com o número de deputados federais eleitos por cada partido político com assento na Câmara dos Deputados.

Os novos cargos custarão à Câmara cerca de R$ 10 milhões até o final da atual legislatura. Inicialmente, a ideia era remanejar cargos das legendas para atender o PSD, mas não houve acordo nesse sentido. Isso, porque os partidos que mais perderam deputados para o PSD também perderiam mais cargos para atender a estrutura da nova legenda.

    Leia tudo sobre: psdgilberto kassabcâmara dos deputados

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG