Governador do Rio diz que fez a sugestão para a presidenta eleita Dilma nesta segunda-feira; ainda não há confirmação oficial

Sérgio Cabral afirmou nesta terça-feira (30) que o secretário de Saúde do Rio, Sérgio Côrtes, será o próximo ministro da Saúde. O governador do Rio diz que conversou com a presidenta eleita, Dilma Rousseff, nesta segunda-feira (29), que, segundo ele, aceitou a indicação de seu secretário para a pasta.

A presidenta eleita, no entanto, ainda não confirmou o anúncio do governador, feito no fim da manhã desta terça-feira durante a inauguração da Unidade de Política Pacificadora do Morro dos Macacos, zona norte do Rio.

Mesmo sem a confirmação oficial da presidenta eleita Dilma Rousseff, Sérgio Cabral disse que Côrtes já aceitou ocupar o cargo. A atual subsecretária de Saúde do Estado, Monique Fazzi, irá assumir a secretaria.

Se a informação for confirmada, será o segundo nome que Cabral emplaca em um ministério. O ministro José Gomes Temporão também é indicação do governador.

Ainda no encontro que manteve com a presidente eleita nesta segunda-feira, durante três horas, o governador confirmou ter pedido para que o contingente militar que reforça as ações de segurança no Rio permaneça no Estado até segunda-feira. 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.