Aziz anuncia audiência com Dilma Rousseff

Governador eleito do Amazonas vai cobrar apoio da presidenta eleita, que prometeu obras de infraestrutura e energia elétrica

Eduardo Asfora, iG Amazonas |

A um mês e meio da posse como governador do Amazonas, Omar Aziz (PMN) começa a preparar a equipe de transição e traçar estratégias para os próximos quatro anos. Nos próximos dias viaja a Brasília, aonde vai se encontrar com a presidenta eleita Dilma Rousseff (PT), para cobrar as promessas da petista ao Estado do Amazonas. A data não foi divulgada.

Entre as promessas, fazem partem obras de investimento na infraestrutura, resolução do fornecimento de energia e prorrogação da Zona Franca de Manaus. Internamente, Aziz confia nas alianças políticas e no suporte da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE) para aprovar os projetos e manter os planos de governo.

Base política

Para Aziz, o apoio que recebeu durante as eleições de 2010 foi “importantíssimo e mostra a confiança de todos no trabalho. Dos 24 deputados estaduais eleitos, 20 estiveram comigo. Cinquenta e oito prefeitos subiram no palanque na minha campanha, e também contei com força de seis deputados federais eleitos e de 30 vereadores dos 38 que compõe a Câmara Municipal de Manaus.”

Por isso – acrescentou – “espero um trabalho sério e comprometido em fazer o melhor ao Amazonas.” O governador afirmou ainda que trate todos os líderes e aliados da mesma forma e não vai intervir na eleição para a presidência da ALE, a qual vai ocorrer em 2001 e é fundamental na transição de governo.
“Todos os principais a assumir o comando da assembléia são meus amigos. Tenho uma boa relação com ele e com todos e trato a questão política de forma impessoal”, explicou.

Investimentos

Aziz assumiu o lugar do senador eleito Eduardo Braga (PMDB), no dia 31 de março deste ano. Desde o início dos poucos meses de mandato, procurar continuar o trabalho desenvolvido pelo ex-governador e focar a campanha neste seguimento de projetos para o Estado. Uma das metas do governador vai ser a descentralização das secretarias.

O governador também anunciou a intenção de criar subsecretarias nas calhas do rio, para dinamizar o trabalho e ampliar as ações, pois o Amazonas é um estado grande e com difícil acesso em alguns municípios e comunidades. As estradas do Amazonas são os rios. Manaus, por exemplo, é uma ilha.

Para o campo da saúde, Omar Aziz tem dois objetivos; criar uma clínica para dependentes químicos, na qual todo o tratamento será disponibilizado e assim ajudará famílias e pessoas sem condições. O segundo ponto é a colocação de um transporte específico aos deficientes, que muitas vezes não tem como ir ao hospital. “Nós vamos mandar buscar em casa, para os pais não precisarem carregar seus filhos. A idéia é facilitar o atendimento”, complementou.

Jovem cidadão

Ainda na saúde, vai ser construído um hospital na Zona Norte de Manaus com 200 leitos e o envio de especialistas em diversas áreas aos Pólos do interior do Amazonas. Aziz disse ainda que na área da educação, o programa Jovem Cidadão vai ser implantado em todas as cidades e passará a atender cerca de 200 mil adolescentes.

“A educação é a principal ferramenta social. Vamos continuar investindo na educação, na criação de mais escolas de tempo integral e tentar tirar o maior número de crianças possíveis das ruas e da criminalidade”, finalizou.


    Leia tudo sobre: política

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG