Após errar nome de cidade, Dilma dá bronca em assessoria

Irritada com a própria equipe, presidenta responsabiliza "excelente assessoria". Depois, fez uma brincadeira para descontrair

Renata Baptista, enviada especial a Aracaju |

A equipe da presidenta Dilma Rousseff levou uma bronca transmitida em rede nacional nesta segunda-feira. Depois de cometer uma gafe em seu discurso, Dilma culpou seus assessores pelo erro durante sua fala no 12º Fórum dos Governadores do Nordeste, em Barra dos Coqueirais, Aracaju (SE).

Enquanto Dilma falava da necessidade de apoiar o empreendedor nordestino, ela citou Ibotirama, na Bahia, como exemplo. Os governadores presentes ao evento, no entanto, disseram que ela deveria estar se referindo ao pólo de confecções de Toritama, em Pernambuco.

"Não é Ibotirama? Eu falei para vocês que não é Ibotirama. Vocês vejam o que é uma ótima assessoria. Eles acharam esse Ibotirama na internet", disse. Apesar de discursar de improviso, ela citava informações reunidas por sua equipe em uma ficha.

AE
Depois de cometer gafe, Dilma culpa "excelente assessoria" pelo erro

A cidade que Dilma queria citar, Toritama, é conhecida por ser polo de confecção de jeans. A presidente também falou da criação de uma Secretaria Nacional de Irrigação e voltou a citar o Ministério de Micro e Pequenas Empresas, uma de suas promessas de campanha. Ela garantiu que o corte no Orçamento não irá afetar os investimento na região nordestina.

"Primeiro-damo"

Depois do constrangimento e da bronca, Dilma tentou dar um toque de humor ao seu discurso. Ela fez questão de saudar a presença do marido da governadora do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini (DEM), Carlos Augusto Rosado, a quem se referiu como "primeiro-damo do Estado". Em seguida, por sugestão do governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), ela se corrigiu e voltou a se referir a Carlos Augusto Rosado como "primeiro-cavalheiro".

No discurso da presidenta - que foi o mais longo desde que tomou posse, com aproximadamente 50 minutos - ela saudou ainda a presença da mulher do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), Renata, a quem classificou como uma "amiga".

Dilma destacou a representação de Rosalba como única mulher entre os governadores, ressaltando que lamentava a ausência da governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), que não pode ir ao evento por estar se recuperando de uma cirurgia e enviou o seu vice, Washington Luiz.

O encontro entre governadores do Nordeste, que inclui ainda o de Minas Gerais, está acontecendo a portas fechadas nesta segunda-feira em um resort na Barra dos Coqueirais (SE). Logo mais, a presidenta deve deixar o local com destino a São Paulo e os governadores vão divulgar uma carta.

    Leia tudo sobre: Dilma RousseffDilmagovernadoresorçamento

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG