Antes de viajar com Lula, Dilma chama Temer para discutir pastas

PMDB quer manter as seis pastas e incluir uma vaga na coordenação política do governo

Andréia Sadi, iG Brasília |

Antes de embarcar em sua primeira viagem como presidenta eleita para acompanhar inauguração de obra, Dilma Rousseff chamou nesta manhã de terça-feira o vice-presidente, Michel Temer (PMDB), na Granja do Torto, para uma conversa sobre a distribuição de pastas no novo governo. Ontem, Dilma e os coordenadores Antonio Palocci e José Eduardo Dutra discutiram as cotas dos partidos com a presidenta eleita em reunião fechada e querem finalizar a partilha na próximas semanas.

No governo Lula , o PMDB acumulou seis ministérios e comandou orçamento superior a R$ 100 bilhões. Com Temer na vice-presidência, o partido quer manter as seis, incluindo uma vaga na coordenação política do governo. Além do primeiro escalão, o partido também planeja indicações para estatais e agências reguladoras.

Desde que foi eleita, a presidenta diminuiu as aparições públicas. Na tarde de hoje, Dilma inaugura com Lula a usina hidrelétrica de Tucuruí, no Pará.  A obra nivela o Rio Tocantins e abre a Hidrovia Araguaia-Tocantins, ligando o Porto de Belém à região do Alto Araguaia, em Mato Grosso. Com um projeto inicial de 1981 e custo total de R$ 1,6 bi, a obra ficou paralizada e foi retomada em 2006 pelo Ministério do Transportes e Eletrobras.

    Leia tudo sobre: dilma roussefflulamichel temer

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG