Alencar tem conversa bem-humorada com Lula e Dilma

"Espero estar lá. E que os médicos me liberem para tomar um golinho", diz vice-presidente sobre posse da presidenta eleita, dia 1º

iG São Paulo |

Ricardo Stuckert
Presidenta eleita Dilma Rousseff visita o vice-presidente José Alencar, em SP
O vice-presidente José Alencar está lúcido e não respira mais com a ajuda de aparelhos. Segundo o médico da equipe, Roberto Kalil Filho, Alencar conversou com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e com a presidenta eleita, Dilma Rousseff. Os dois estiveram no hospital Sírio-Libanês nesta quinta-feira para uma visita ao vice, que durou cerca de 40 minutos.

De acordo com boletim médico divulgado pelo hospital, Alencar permanece internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para o tratamento de uma “hemorragia digestiva, atribuída a tumor sangrante no intestino delgado”.

Alencar chegou a ser submetido, ontem, a uma cirurgia de emergência que durou três horas e terminou por volta das 21 horas. Em entrevista, o cirurgião Raul Cutait afirmou à época que Alencar estava num "quadro delicado de hemorragia abdominal" e passava por seu "momento mais difícil".

Durante a noite, ainda segundo o boletim médico, o vice-presidente apresentou melhora do quadro, com redução importante do sangramento.

Lula e Dilma

Segundo informações da secretaria de imprensa da Presidência, o vice-presidente conversou por aproximadamente 20 minutos com Lula e Dilma sobre política, economia e os negócios de sua família. Durante a visita, o presidente Lula disse ter sentido falta de Alencar, ontem, na capital federal: "Foi uma pena você não estar ontem, em Brasília, para a sanção da partilha do pré-sal", disse o presidente.

null
Em uma referência à festa da posse, no dia 1º, a presidenta eleita disse ao vice-presidente: "Estou te esperando lá". Com habitual bom humor, o vice-presidente respondeu afirmativamente. "Espero estar lá. E que os médicos me liberem para tomar um golinho", disse.

Alencar elogiou ainda os nomes escolhidos por Dilma na definição do Ministério, em especial a indicação de Alexandre Tombini para o Banco Central e a manutenção de Guido Mantega na Fazenda. Ele está acompanhado pelos filhos, netos e pela mulher, Marisa.

O vice-presidente, com 79 anos, luta contra um câncer na região do abdome há mais de 13 anos. Ontem, passou pela 17.ª cirurgia. Seu quadro de saúde tem se agravado nos últimos meses. Ele ficou internado por 24 dias, entre outubro e novembro. De acordo com informações do hospital, Alencar já está respirando sem a ajuda de aparelhos e não está mais sedado.

    Leia tudo sobre: José AlencarcâncerDilma RousseffLulainfográfico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG