Alckmin venderá prédio que Serra mandou reformar

Prédio da Secretaria de Planejamento, estabelecido no bairro do Itaim, passava por reforma da ordem de R$ 18,9 milhões

Agência Estado |

selo

Após ordenar a venda de imóveis e a reavaliação dos contratos de aluguel onde estão as secretarias de Estado, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin , escolheu o primeiro alvo: um dos edifícios da Secretaria do Planejamento, que está desocupado e foi submetido a uma reforma, de R$ 18,9 milhões, na gestão José Serra /Alberto Goldman. O edifício, que será vendido, fica na Rua Iguatemi, no Itaim, bairro nobre da capital paulista, e tem área total de 10 mil metros quadrados. A reforma é tocada pela Construtora Cronacon, que venceu licitação em outubro - a iniciativa da obra, porém, vem do período em que Serra estava à frente do governo.

O prédio, segundo o Planejamento, não comportava mais as funções da secretaria e havia riscos de segurança. Por isso, a pasta do Planejamento funciona atualmente em imóvel alugado na Alameda Jaú, nos Jardins, outra área nobre da capital.

Alckmin quer encerrar contratos de aluguel como esse e levar pastas para o centro de São Paulo, em edifícios que serão comprados, especialmente na região da Rua Boa Vista. A ida da estrutura do governo para o centro era uma iniciativa de Alckmin em seu mandato anterior, mas foi congelada por José Serra em 2007, ao assumir o governo. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: Geraldo AlckminJosé SerraPSDB

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG