Alckmin inaugura Fábrica de Cultura em São Paulo

O governador de São Paulo participou da abertura do priemeiro de nove prédios destinados à cultura na capital paulista

AE |

selo

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), inaugurou neste sábado a primeira Fábrica de Cultura, na Vila Curuçá, zona leste da capital paulista. Ao todo, serão entregues nove prédios de 6 mil metros quadrados, que já estão sendo construídos em regiões periféricas da cidade.

Nas Fábricas de Cultura, serão ministrados gratuitamente cursos e oficinas voltados à formação em todas as áreas das artes do espetáculo. "Não é só lazer, mas é lazer e formação. Nós vamos ter aqui bons talentos se revelando e formação profissional", explica Alckmin. Além disso, o edifício será um espaço de difusão cultural, oferecendo espetáculos das mais variadas áreas.

A Fábrica de Cultura da Vila Curuçá é formada por dois prédios integrados: o teatro, que abriga todos os equipamentos necessários para a produção de grandes espetáculos, e o edifício de múltiplo uso, que reúne as salas de artes, biblioteca, salas multiuso, espaços administrativos e pedagógicos, refeitório e ambulatório.

Cada unidade da Fábrica de Cultura tem o custo de cerca de R$ 12,5 milhões. O objetivo do programa é promover a participação de jovens de distritos vulneráveis da capital em atividades artísticas e culturais que contribuam para seu desenvolvimento e inserção social.

    Leia tudo sobre: AlckminFábrica de CulturaSão Paulogovernador

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG