Alckmin defende mudança na presidência do PSDB depois de eleições

Governador de SP afirma que processo de sucessão do comando do partido começa em março com as eleições municipais nos diretórios

Agência Estado |

selo

O governador eleito de São Paulo, Geraldo Alckmin, disse ontem que a disputa pela presidência do partido deve ser discutida depois das eleições nos diretórios municipais e estaduais.

"O processo sucessório começa em março, com as eleições municipais nos diretórios. Em abril, é nos estaduais - e só depois vem a eleição nacional. Não devemos começar pelo fim, mas pela base", afirmou Alckmin ontem de manhã, ao final de evento com empresários em Barueri.

Sobre a ideia de refundação do PSDB, Alckmin observou que somente com uma reforma política os partidos serão de fato eficientes. "O PSDB é um partido jovem e já deu uma contribuição muito importante ao Brasil. Num País que não tem tradição de partido, e sim de personalismo na política, não é uma tarefa fácil. Enquanto não fizermos uma reforma política, vamos avançar pouco." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: Geraldo AlckminJosé SerraPSDB

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG