Alckmin congela R$ 784,7 milhões do Orçamento de 2012

Expectativa inicial do governo era cortar R$ 1,5 bilhão, mas ordem final foi não prejudicar investimentos

AE |

selo

AE
Governador já havia comunicado que haveria contingenciamento de recursos
O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin , definiu hoje que serão contingenciados R$ 784,7 milhões dos recursos previstos no Orçamento do Estado de São Paulo para 2012, que é de R$ 156,6 bilhões. A expectativa inicial do Palácio dos Bandeirantes era de que R$ 1,5 bilhão fosse congelado, como em 2011, mas o governador decidiu não cortar os recursos previstos para investimentos. O contingenciamento total refere-se apenas a recursos previstos para custeio e representa 20% do total desse tipo de gasto no Orçamento do Estado.

Veja também:
Alckmin confirma corte no Orçamento paulista

Alckmin já havia informado, no final do ano passado, que haveria um contingenciamento nos recursos estaduais , mas que evitaria congelar os previstos para investimentos. No início de 2011, do total de recursos congelados, R$ 1,259 bilhão era voltado a investimentos. O contingenciamento decorre das preocupações da administração estadual com os efeitos da crise mundial, que poderiam comprometer a capacidade de investimentos do governo paulista.

O decreto que fixa normas para a execução orçamentária e financeira em 2012 foi publicado na edição de hoje do Diário Oficial do Estado de São Paulo .

    Leia tudo sobre: Geraldo Alckmingoverno de são paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG