Nova pasta será responsável pela articulação com todos os municípios e é considerada estratégica para o novo mandato

O governador eleito de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), anunciou nesta tarde que o deputado federal reeleito Edson Aparecido (PSDB) será o novo secretário estadual de Desenvolvimento e Gestão Metropolitana.

A pasta, que acaba de ser criada, é estratégica, pois fará a articulação com todos os municípios. "Pela primeira vez, o governo vai ter um instrumento para coordenar as políticas públicas no Estado", disse Aparecido.

O ex-secretário de secretário de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico José Aníbal (PSDB) era um dos cotados para a secretaria. A nomeação de Aparecido faz parte da renovação de quadro que vem sendo promovida por Alckmin.

Aparecido, no entanto, negou que a pasta fosse pleiteada pelo tucano e afirmou que, desde o início, o governador eleito vinha conversando com ele sobre a possibilidade de assumir a pasta.

Pouco antes, Alckmin havia divulgado o nome de outros três secretários. O presidente da Federação Internacional de Natação, neurocirurgião e professor Jorge Pagura (PTB) chefiará a Secretaria de Esportes. O ex-ministro da Secretaria de Comunicação da Presidência e ex-embaixador na Itália Andrea Matarazzo continuará na Secretaria de Cultura. O deputado estadual reeleito Paulo Alexandre Barbosa (PSDB) será secretário de Assistência e Desenvolvimento Social.

As secretarias de Energia, Agricultura e Gestão pública devem ser anunciadas amanhã. Segundo fontes ligadas à transição, a Secretaria de Comunicação deve ser extinta vai virar coordenadoria.

* Com informações da Agência Estado

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.