Ainda com sangramento, Alencar fará nova hemodiálise

Boletim médico sobre o estado de saúde do vice-presidente informou que quadro clínico permanece estável

AE |

selo

O vice-presidente José Alencar voltou a apresentar durante a manhã sangramento intestinal e será submetido ainda hoje a um exame de arteriografia, uma espécie de radiografia para localizar o ponto exato da pequena hemorragia.

O último boletim médico sobre o estado de saúde dele, divulgado às 13h45, informa que o vice-presidente permanece internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) cardiológica do hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, e que seu quadro clínico permanece estável.

O boletim médico detalha que após o exame Alencar será submetido a uma nova sessão de hemodiálise, tratamento que vem recebendo nos últimos dias. Mais cedo, o oncologista Paulo Hoff informou que o vice-presidente tem apresentado episódios não contínuos de sangramento intestinal e que seria submetido ao procedimento como forma de identificar o local da hemorragia para em seguida poder estancar o sangramento.

O médico informou que o paciente está lúcido e que o exame será feito num "momento seguro". "A situação dele está controlada", avaliou Hoff, para quem o procedimento não ocasiona risco para a saúde de Alencar. A previsão é de, após o exame, o hospital divulgue um novo boletim médico. O diagnóstico é assinado pelo diretor técnico hospitalar Antonio Carlos de Lira e pelo gerente de relacionamento médico Antonio Eduardo Júnior.

    Leia tudo sobre: josé alencartratamentosirio-libanes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG