Aliança com PSDB não condiciona vice do PSD, diz Afif

Vice-governador ressalta que seu partido tem bons nomes para assumir o posto, tendo José Serra como candidato à Prefeitura de SP

iG São Paulo |

O vice-governador de São Paulo, Guilherme Afif Domingos (PSD), ressaltou nesta segunda-feira que o PSD tem bons nomes para assumir o posto de vice em uma aliança com os tucanos, tendo o ex-governador José Serra como candidato à Prefeitura da capital paulista.

Impasse: Data das prévias é 'irrelevante', afirma Alckmin
No Twitter: Serra anuncia candidatura em SP e negocia disputar prévias

AE
José Serra participa de palestra sobre desenvolvimento econômico (28/11/2011)

Ele ponderou, contudo, que o seu partido não coloca como condição para um apoio aos tucanos a indicação do vice: "Temos quadros que fizeram parte da administração Serra, mas não estamos colocando isso como condição, até porque temos de deixar o candidato à vontade", acrescentou.

Afif disse que o interesse das duas siglas é formar o maior arco de alianças possível para garantir tempo de televisão e um bom desempenho de Serra na eleição. E que o apoio do PSD ao PSDB deve-se à "densidade política" e à "densidade eleitoral" do ex-governador de São Paulo. Ele afirmou também que não pretende deixar o cargo de vice-governador para compor uma chapa com Serra.

Desistências:
- Bruno Covas desiste de pré-candidatura à prefeitura

-
Ao se retirar de prévias por Serra, Matarazzo ataca PT

Afif refutou também que uma aliança entre PSD e PSDB nesse pleito municipal possa condicionar algum tipo de acordo para as eleições gerais de 2014. "Pelas circunstâncias, cada etapa a seu tempo."

Nesta segunda, Serra anunciou em sua página no Twitter sua intenção de concorrer à Prefeitura de São Paulo. O ex-governador também afirmou que pretende disputar as prévias.

“Hoje comunicarei por escrito à direção do PSDB de São Paulo minha disposição de disputar a prefeitura de SP. Sempre fui favorável às prévias para a escolha do candidato a prefeito do PSDB. E delas pretendo agora participar”, postou Serra, no Twitter.

Marcadas originalmente para o próximo dia 4 de março, as prévias do PSDB podem ser adiadas para 11 de março, no intuito de que Serra se prepare para a disputa. De acordo com uma resolução aprovada pelo partido, o pleito interno tem que ocorrer, no máximo, até 31 de março.

O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, disse que a data das prévias é "irrelevante" . "A data é acessória. Uma semana a mais ou a menos não faz diferença."

O diretório municipal deve se reunir entre esta segunda e terça-feira para decidir se faz a mudança, que não agrada aos dois pré-candidatos que ainda se mantêm na disputa , o deputado federal Ricardo Tripoli e o secretário de Energia, José Aníbal.

Com Agência Estado

    Leia tudo sobre: josé serraprefeituraeleições 2012afifpsdb

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG