Com a disputa pelo controle do PSDB fervendo nos bastidores, o senador defende a presença de José Serra na direção do partido

selo

Senador tucano Aloysio Nunes
Futurapress
Senador tucano Aloysio Nunes
Com a disputa pelo controle do PSDB fervendo nos bastidores, o senador Aloysio Nunes Ferreira (SP) defende a presença do ex-governador José Serra na direção do partido e afirma que "não" há candidatura natural à Presidência da República. "Não, tem de ser construída.

Tem muitos nomes que podem vir a ser. Alckmin, acho eu, o próprio Serra", disse o senador, ao ser indagado se o colega Aécio Neves (MG) é o candidato natural do PSDB em 2014.

Aloysio criticou a coleta de assinaturas para reconduzir Sérgio Guerra à presidência da sigla, promovida há dez dias durante eleição para líder do PSDB na Câmara.

"É um método odioso para qualquer tipo de indicação partidária, ainda mais para o presidente nacional do partido." As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.