Adolescentes pintam os rostos em marcha contra corrupção no Ceará

Sem apoio da Polícia Militar e da autarquia municipal de trânsito, manifestação reuniu cerca de 300 pessoas em Fortaleza

Daniel Aderaldo, iG Ceará |

A Marcha Contra a Corrupção teve baixa adesão em Fortaleza e reuniu cerca de 300 pessoas durante a tarde desta quarta-feira (12). A maioria dos participantes era de jovens estudantes do ensino médio e universitários.

Leia também: Marcha contra corrupção reúne manifestantes em todo País

A concentração se iniciou por volta das 14 horas na Praça da Imprensa, no bairro Dionísio Torres, área nobre da cidade. Às 16 horas, os manifestantes seguiram até o Parque do Cocó, uma das poucas áreas verdes da capital. O trajeto percorrido foi de um quilômetro e meio.

Daniel Aderaldo/iG Ceará
Meninas marcham contra a corrupção em Fortaleza, no Ceará


Durante o ato, algumas pessoas distribuíram panfletos para os participantes defendendo o voto distrital, o financiamento público de campanha e o cumprimento da Lei Ficha Limpa. A organização a todo instante ressaltava que o movimento é apartidário.

Adesão jovem

Francisco Teixeira Neto, um dos organizadores do protesto, disse que, apesar do número pequeno de participantes – se comparado a Brasília, por exemplo – o objetivo da marcha foi alcançado. “Nós queríamos atingir os jovens. Se você olhar em volta, vai ver que eles são maioria e estão bastante envolvidos”, observou.

Muitos adolescentes pintaram os rostos com as cores da bandeira brasileira, imitando o movimento dos caras-pintadas, que em 1992 foi às ruas pedir o impeachment do então presidente Fernando Collor de Mello. Eles também usaram narizes de palhaço, apitos e carregaram cartazes e faixas com frases contra a corrupção.

Para o observador da corrupção da Ordem dos Advogados (OAB) no Ceará, Fernando Férrer, a população de Fortaleza “ainda não tem a cultura do protesto”. “Eles se articulam nas redes sociais, mas na hora de ganhar às ruas a adesão é baixa. Ninguém levantou essa bandeira. Falta isso aqui”, ponderou.

Daniel Aderaldo / iG Ceará
Marcha contra a corrupção reúne adolescentes em Fortaleza nesta quarta-feira de feriado


A marcha

A marcha começou com o caminhão de som tocando a música “Que país é esse?”, da banda Legião Urbana. Os participantes também entoaram gritos ensaiados como “povo unido, corrupto punido” e “votar em corrupto é votar na morte”.

O percurso foi feito sem o apoio da Polícia Militar e da autarquia municipal de trânsito, apesar da marcha de ter ocupado duas faixas da avenida Antonio Sales – uma das principais vias de Fortaleza – por 15 quarteirões. Entretanto, não houve tumulto nem engarrafamento.

    Leia tudo sobre: marcha contra a corrupçãoferiadofortalezaprotesto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG