Lula lidera corrida presidencial e Bolsonaro se isola em segundo, diz Datafolha

Para a avaliação, foram entrevistadas 2.765 pessoas entre os dias 29 e 30 de novembro, em 192 cidades; margem de erro da pesquisa é de dois pontos
Foto: Paulo Pinto/AGPT
Lula vence em todos os cenários em que está presente no levantamento do Datafolha

Uma pesquisa do Datafolha divulgada neste sábado (2) reforçou a liderança de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na liderança da corrida presidencial de 2018. O deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) ficou com o segundo lugar isolado nas intenções de voto.

Leia também: "Vamos fazer o possível e o impossível", diz Temer sobre reforma da Previdência

Para a avaliação, foram entrevistadas 2.765 pessoas entre os dias 29 e 30 de novembro, em 192 cidades diferentes. A pesquisa tem margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O ex-presidente Lula fica com a primeira colocação em todos os cenários nos quais foi inserido. Quando ele não surge como candidato, é Bolsonaro quem assume a primeira colocação em todos os casos. Confira:

1) Com Marina Silva, Joaquim Barbosa, Michel Temer e Henrique Meirelles:

Lula (PT): 34%
Jair Bolsonaro (PSC): 17%
Marina Silva (Rede): 9%
Geraldo Alckmin (PSDB): 6%
Ciro Gomes (PDT): 6%
Joaquim Barbosa (sem partido): 5%
Alvaro Dias (Podemos): 3%
Manuela D´Ávila (PCdoB): 1%
Michel Temer (PMDB): 1%
Henrique Meirelles (PSD): 1%
Paulo Rabello de Castro (PSC): 1%
Branco/nulo/nenhum: 12%
Não sabe: 2%

2) Com Joaquim Barbosa:

Lula (PT): 37%
Jair Bolsonaro (PSC): 18%
Geraldo Alckmin (PSDB): 8%
Ciro Gomes (PDT): 7%
Joaquim Barbosa (sem partido): 6%
Alvaro Dias (Podemos): 4%
Manuela D’Ávila (PCdoB): 1%
Guilherme Boulos (sem partido): 1%
Paulo Rabello de Castro (PSC): 1%
Branco/nulo/nenhum: 14%
Não sabe: 3%

3) Com Henrique Meirelles:

Lula (PT): 37%
Jair Bolsonaro (PSC): 19%
Geraldo Alckmin (PSDB): 9%
Ciro Gomes (PDT): 7%
Alvaro Dias (Podemos): 4%
Manuela D’Ávila (PCdoB): 2%
Henrique Meirelles (PSD): 1%
Paulo Rabello de Castro (PSC): 1%
Guilherme Boulos (sem partido): 1%
Branco/nulo/nenhum: 14%
Não sabe: 5%

4) Com Marina Silva: 

Lula (PT): 36%
Jair Bolsonaro (PSC): 18%
Marina Silva (Rede): 10%
Geraldo Alckmin (PSDB): 7%
Ciro Gomes (PDT): 7%
Alvaro Dias (Podemos): 4%
Manuela D’Ávila (PCdoB): 1%
Paulo Rabello de Castro (PSC): 1%
Guilherme Boulos (sem partido): 1%
Branco/nulo/nenhum: 13%
Não sabe: 2%

Leia também: "Conte conosco", diz Alckmin a Temer sobre situação do PSDB na base aliada

5) Com João Doria e Marina Silva 

Lula (PT): 36%
Jair Bolsonaro (PSC): 18%
Marina Silva (Rede): 11%
Ciro Gomes (PDT): 7%
João Doria (PSDB): 5%
Alvaro Dias (Podemos): 4%
Manuela D’Ávila (PCdoB): 1%
João Amoêdo (Partido Novo): 1%
Paulo Rabello de Castro (PSC): 1%
Guilherme Boulos (sem partido): 1%
Branco/nulo/nenhum: 14%
Não sabe: 2%

6) Sem Lula, com Joaquim Barbosa: 

Jair Bolsonaro (PSC): 21%
Ciro Gomes (PDT): 12%
Geraldo Alckmin (PSDB): 11%
Joaquim Barbosa (sem partido): 8%
Alvaro Dias (Podemos): 6%
Fernando Haddad (PT): 3%
Manuela D’Ávila (PCdoB): 2%
Paulo Rabello de Castro (PSC): 1%
Guilherme Boulos (sem partido): 1%
João Amoêdo (Partido Novo): 1%
Branco/nulo/nenhum: 28%
Não sabe: 4%

7) Sem Lula, com Henrique Meirelles: 

Jair Bolsonaro (PSC): 22%
Ciro Gomes (PDT): 13%
Geraldo Alckmin (PSDB): 12%
Alvaro Dias (Podemos): 6%
Fernando Haddad (PT): 3%
Manuela D’Ávila (PCdoB): 3%
Henrique Meirelles (PSD): 2%
Paulo Rabello de Castro (PSC): 2%
Guilherme Boulos (sem partido): 1%
João Amoêdo (Partido Novo): 1%
Branco/nulo/nenhum: 30%
Não sabe: 5%

8) Sem Lula, com Marina Silva: 

Jair Bolsonaro (PSC): 21%
Marina Silva (Rede): 16%
Ciro Gomes (PDT): 12%
Geraldo Alckmin (PSDB): 9%
Alvaro Dias (Podemos): 5%
Fernando Haddad (PT): 3%
Manuela D’Ávila (PCdoB): 2%
Paulo Rabello de Castro (PSC): 1%
Guilherme Boulos (Sem Partido): 1%
João Amoêdo (Partido Novo): 1%
Branco/nulo/nenhum: 25%
Não sabe: 3%

9) Sem Lula, com João Doria e Marina Silva: 

Jair Bolsonaro (PSC): 21%
Marina Silva (Rede): 17%
Ciro Gomes (PDT): 13%
João Doria (PSDB): 6%
Alvaro Dias (Podemos): 6%
Fernando Haddad (PT): 3%
Manuela D’Ávila (PCdoB): 2%
Paulo Rabello de Castro (PSC): 1%
Guilherme Boulos (Sem Partido): 1%
João Amoêdo (Partido Novo): 1%
Branco/nulo/nenhum: 27%
Não sabe: 3%

A pesquisa também revelou as simulações dos possíveis confrontos de segundo turno. Assim como no primeiro, Lula ganha em todos os cenários avaliados. O petista bateria Alckmin (52% a 30%), Marina Silva (48% a 35%) e Bolsonaro (51% a 33%). O candidato do PSDB ainda empataria tecnicamente com Ciro Gomes (35% a 33%), enquanto Marina venceria Bolsonaro (46% a 32%).

Leia também: Mesmo presa, registro da OAB de Adriana Ancelmo está ativo no site da entidade

É importante lembrar, no entanto, que uma eventual candidatura de Lula ainda pode ser barrada na Justiça. Isso porque corre em segunda instância o julgamento da condenação por corrupção no caso do tríplex do Guarujá, em que o ex-presidente foi condenado a nove anos e seis meses de prisão.

Link deste artigo: https://ultimosegundo.ig.com.br/politica/2017-12-02/lula-bolsonaro.html