Sem tocar em tese sobre capacidade feminina de notar flutuações de preços no supermercado, presidente gravou vídeo parabenizando mães brasileiras

Michel Temer gravou mensagem curta de Dia das Mães postado à frente de estatuetas de imagens femininas
Reprodução
Michel Temer gravou mensagem curta de Dia das Mães postado à frente de estatuetas de imagens femininas

O presidente Michel Temer divulgou neste domingo (14) mensagem em homenagem ao Dia das Mães. No curto vídeo divulgado nas redes sociais do peemedebista e do Palácio do Planalto, Temer evitou repetir as declarações desastrosas pronunciadas por ele na ocasião do Dia Internacional da Mulher. Naquela oportunidade, o presidente cometeu seguidas gafes, especialmente ao enfatizar que "ninguém é mais capaz de indicar os desajustes de preços em supermercados do que a mulher".

Leia também: Dilma ataca Temer com lista de "365 direitos perdidos" em um ano de governo

Postado à frente de duas estatuetas de imagens femininas, o presidente Michel Temer exaltou as brasileiras “que assumem sozinhas a tarefa de chefe de família” e as que “exercem dupla jornada”.

“Muitas contam com a parceria de companheiros ou parentes, mas não são poucas as mães que assumem sozinhas a tarefa de chefes de família. As brasileiras cuidam com coragem da casa, dos filhos e do emprego, exercendo a chamada dupla jornada. São mães batalhadoras de todas as idades, na cidade e no campo, que merecem nosso reconhecimento”, afirmou o presidente.

Leia também: Em discurso, Temer diz que direitos trabalhistas estão assegurados com reformas

"1964?"

Apesar ter evitado maiores gafes, a menção de Temer à "jornada dupla" das mulheres motivou uma série de comentários críticos ao presidente por conta da proposta de reforma da Previdência defendida pelo governo federal.

"Feliz Dia das Mães para aquelas que, mesmo fazendo dupla jornada de trabalho, correm o risco de morrer sem se aposentar", escreveu uma internauta. "Quer dizer que você [Temer] reconhece que a mulher tem uma dupla jornada, mas mesmo assim acha que o processo de aposentadoria deve ser igual ao dos homens?", questionou outro. 

Alguns internautas também reclamaram que, mais uma vez, o presidente se concentrou na atuação das mulheres como donas de casa. "É claro que  ele iria falar de cuidar da casa e dos filhos. De que ano é esse pronunciamento? 1964?", comentou uma usuária do Facebook, fazendo referência ao período da ditadura militar.

Temer também disse que “sociedade e governo têm que evoluir” para assegurar às mulheres “o direito de viverem com saúde, igualdade e não serem alvo de violência”. “Faço uma saudação às mães como filho, esposo e como pai. Que todas recebam uma mensagem de carinho, reconhecimento e agradecimento."

Confira a mensagem de Michel Temer para o Dia das Mães:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.