Tamanho do texto

Comissão convidou representantes do Facebook, do Google e da SaferNet Brasil para discutir situações de risco envolvendo adolescentes na internet

Audiência na Cãmara discutirá a formação de grupos nas redes sociais que representam riscos à segurança dos jovens
Divulgação/Câmara dos Deputados
Audiência na Cãmara discutirá a formação de grupos nas redes sociais que representam riscos à segurança dos jovens

A Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática realiza, nesta terça-feira (9), uma audiência pública na Câmara dos Deputados para discutir a proliferação nas redes sociais do jogo Baleia Azul, que tem levado jovens a mutilar o próprio corpo e, em alguns casos, ao suicídio.

Leia também: Após invasão, Câmara votará reforma da Previdência com acesso restrito ao prédio

A audiência – que discutirá a formação de grupos nas redes sociais que incentivam adolescentes a se colocarem em situações de risco – contará com a presença do gerente de Relações Governamentais do Facebook no Brasil, Bruno Magrani, e do presidente do Google no Brasil, Fábio Coelho.

Além deles, participarão também do encontro o diretor-geral do Departamento de Polícia Federal, Leandro Daiello Coimbra, o representante do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) no Brasil, Gary Stahl, o presidente do Conselho Federal de Psicologia (CFP), Rogério Giannini e o advogado Renato Opice Blum.

A audiência foi pedida pelos deputados Sandro Alex (PSD-PR), Margarida Salomão (PT-MG), Roberto Alves (PRB-SP) e Luiza Erundina (Psol-SP).

A ONG SaferNet Brasil, uma das entidades que acompanha o assunto, declara que a repercussão do jogo Baleia Azul na mídia causa preocupação não só entre pais de adolescentes, mas e em toda a sociedade. Thiago Tavares, presidente da ONG, também participará da reunião.

Leia também: Preparada para depoimento de Lula, Curitiba proíbe acampamentos em toda a cidade

A audiência está marcada para as 10h desta terça-feira, no plenário 13 da Câmara dos Deputados.

Felipe Neto na Câmara

Além de tais autoridades, também foi convidado para a audiência o youtuber Felipe Neto, em caráter de influenciador.

Com mais de 10 milhões de seguidores no YouTube, Neto gravou um vídeo sobre a importância de discutir, com os jovens, situações de depressão e prevenção ao suicídio. De acordo com ele, o jogo Baleia Azul deve ser discutido, mas ele é uma "consequência" do real motivo que leva os adolescentes ao suicídio.

"Quero trazer coisas aqui muito importantes sobre o mundo da depressão de fato. Que é muito mais importante do que o jogo. O jogo é um assunto sério, que precisa ser debatido. Mas o que é esse jogo? Vocês acham que o jogo da Baleia Azul é o responsável pela morte desses jovens?", pergunta Neto no vídeo. 

"Eu não gostaria de acreditar que alguém saudável, estável psicologicamente jogue um jogo desses e termine se matando", afirma o youtuber. Seu vídeo já teve mais de 6,3 milhões visualizações e foi amplamente divulgado nas redes sociais.

Leia também: Fachin pede parecer de Janot sobre pedido de impeachment contra Gilmar Mendes

* Com informações da Agência Câmara de Notícias.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.