Críticas foram feitas pelo prefeito de São Paulo após discurso do petista durante a inauguração simbólica da transposição do Rio São Francisco

Não foi a primeira vez que o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), trocou críticas públicas com Lula
Divulgação/Facebook/João Doria
Não foi a primeira vez que o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), trocou críticas públicas com Lula

Cotado para ser candidato ao Palácio do Planalto na eleição de 2018, o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB) utilizou suas redes sociais nesta segunda-feira (20) para fazer críticas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) – que também deverá participar da corrida presidencial no ano que vem.

Leia também: Contrariando Temer, Dilma diz que 'paternidade' de obra na Paraíba é de Lula

“Após ouvir o discurso do ex-presidente tenho a certeza que ele é o maior cara de pau do Brasil”, disse João Doria em sua conta no Twitter. Em seguida, o prefeito de São Paulo afirmou que os “desgovernos Lula e Dilma geraram 13 milhões de desempregados e a pior recessão econômica da história do País”.

O discurso citado pelo tucano foi dado por Lula no último domingo (19), durante a inauguração simbólica de parte das obras de transposição do Rio São Francisco. O ato ocorreu na Paraíba e também contou com a presença da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). A entrega oficial do empreendimento foi feita no dia 10 de março pelo presidente Michel Temer (PMDB) .

Durante sua fala, Lula fez críticas ao atual governo e aos opositores do PT . “Eles peçam a Deus (sic) para eu não ser candidato. Porque se eu for é para ganhar e trazer de volta à alegria deste país!”. “Se eles quiserem brigar comigo, vão brigar comigo nas ruas desse País, para que o povo seja a voz da razão”, disse o ex-presidente em outro momento do discurso.

O petista também atacou a reforma da Previdência proposta pela gestão Temer e que está em tramitação no Congresso. “Esse governo que não deveria estar aí não tem noção do que significa a aposentadoria rural para o povo do Nordeste, não tem noção do que representa a pensão e a aposentadoria das mulheres pobres. Eu queria dar um conselho pra eles: que só tem uma solução para resolver o problema da Previdência. Ao invés de tentar cortar os benefícios dos pobres, eles têm que saber que de 2004 a 2014 a Previdência e a Seguridade Social foram superavitárias.” “Se eles diplomados não sabem fazer a economia voltar a crescer, peçam um conselho, pois eu sei como faz”, acrescentou.

Réu em cinco processos na Justiça Federal, Lula voltou a dizer que nunca cometeu irregularidades durante e depois de seu mandato presidencial. “Duvido que achem um real fora do lugar em conta minha. Mas eu tenho um recado: não prejudiquem outras pessoas tentando me prejudicar. O povo não merece essa safadeza que está sendo feita.”

Histórico

Esta não foi a primeira vez que João Doria fez críticas públicas ao ex-presidente. No dia 3 de outubro do ano passado, após ser confirmado como vencedor da eleição municipal em São Paulo no primeiro turno, o tucano disse que iria, em algum momento, visitar Lula em Curitiba . A declaração foi uma alusão à capital paranaense, para onde são levados os presos pela força-tarefa da Operação Lava Jato . Momentos antes, o petista havia chamado Doria de “aventureiro” e o comparou ao ex-presidente Fernando Collor de Mello.

    Leia tudo sobre: Lula