Tucano retribuiu gesto do petista, que o encontrou em 2008 após a morte da ex-primeira-dama Ruth Cardoso; Marisa Letícia teve morte cerebral nesta 5ª

Ex-presidentes FHC e Lula se encontraram no hospital Sírio-Libanês, onde está a ex-primeira-dama Marisa Letícia
Ricardo Stuckert
Ex-presidentes FHC e Lula se encontraram no hospital Sírio-Libanês, onde está a ex-primeira-dama Marisa Letícia

Os ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se encontraram nesta quinta-feira (2) no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde está internada a ex-primeira-dama Marisa Letícia, que teve morte cerebral constatada pela equipe médica . FHC ficou viúvo em 2008 e, na ocasião, também recebeu a visita de Lula.

As fotos do abraço de FHC em Lula foram publicadas no perfil do petista no Facebook e compartilhadas por milhares de internautas. Os usuários da rede social elogiaram a postura do tucano ao retribuir o gesto feito por Lula em 2008, quando a ex-primeira-dama Ruth Cardoso morreu, também no Sírio-Libanês.

Marisa, de 66 anos, deu entrada na unidade no dia 24 de janeiro, depois de sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral) hemorrágico. Nesta quinta-feira (2), foi divulgado boletim médico informando que a ex-primeira-dama já não tinha mais fluxo cerebral. Ainda no período da manhã, a família informou que autorizou os procedimentos preparatórios para a doação dos órgãos.

FHC retribuiu gesto de Lula, que, em 2008, visitou o tucano após a morte da ex-primeira-dama Ruth Cardoso
Ricardo Stuckert
FHC retribuiu gesto de Lula, que, em 2008, visitou o tucano após a morte da ex-primeira-dama Ruth Cardoso

O corpo da ex-primeira-dama deverá ser velado no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC , em São Bernardo do Campo, onde Lula e Marisa se conheceram. Ainda não há definição dos horários das cerimônias. Eles eram casados desde 1973 e tiveram três filhos: Fábio, Sandro e Luís Cláudio.

Homenagens

Diversas autoridades enviaram notas de pesar por causa do falecimento. A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) classificou a ex-primeira-dama como “uma mulher de fibra, batalhadora, que conquistou espaço e teve importante papel político” . “Dona Marisa foi o esteio de sua família, a base para que Lula pudesse se dedicar de corpo e alma à luta pela construção de um outro Brasil, mais justo, mais solidário e menos desigual, desde as primeiras reuniões sindicais na Vila Euclides, passando pela fundação do PT e da CUT, até a chegada à Presidência da República”, disse Dilma.

Adversários políticos de Lula também entraram em contato com o ex-presidente para expressar solidariedade. Caso do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), do ministro José Serra (PSDB), e do senador Aécio Neves (PSDB-SP), presidente nacional do partido.

Além de FHC, Lula recebeu visitas dos ex-ministros Alexandre Padilha, Fernando Haddad, Guido Mantega e Miguel Jorge e dos senadores Gleisi Hoffmann, Humberto Costa e Lindbergh Farias, todos do PT.

    Leia tudo sobre: Lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.