Collor compara próprio impeachment ao atual e diz que Dilma teve gestão trágica

Ex-presidente usa tempo de discurso para apontar supostas injustiças que o Congresso Nacional fez contra ele para abrir processo quase 25 anos atrás
Foto: Moreira Mariz/Agência Senado - 30.08.16
O ex-presidente e senador da República Fernando Collor (PTC-AL) faz discurso durante sessão da tarde desta terça-feira

Em um dos discursos mais aguardados da tarde desta terça-feira (30), o ex-presidente Fernando Collor de Melo comparou o processo de impeachment pelo qual passa Dilma Rousseff àquele que sofreu quando chefe do Poder Executivo do País , em 1992, e afirmou que a petista transformou em tragédia a gestão no governo federal.

"A partir de ocorrências pessoais e não institucionais, forças conjugadas forjaram uma crise politica e transformaram uma hipotética infração comum de um agente privado em crime de responsabilidade do presidente", disse Collor sobre seu processo, cujo estopim foi a denúncia de que Paulo César Farias, tesoureiro da campanha que elegeu o político alagoano à Presidência em 1989, de articular esquema de corrupção que levou à abertura do impeachment contra ele.

LEIA MAIS:  Cardozo diz que história absolverá Dilma, chora e é aplaudido até por Renan

"Me condenaram politicamente em meio a tramas e ardis. Mas a correta instância me absolveu [o Supremo Tribunal Federal o absolveu de relação com os crimes por falta de provas, apesar de ter tirado seus direitos políticos por dez anos]. Hoje a situação é totalmente diversa. O governo afastado transformou sua gestão em uma tragédia anunciada. Um desfecho tipico de quem faz do poder econômico o seu calvário."

Apesar de ter votado pela continuidade do processo do impeachment de Dilma no plenário do Senado, em maio, Collor era um dos parlamentares ainda vistos como indecisos dentro da Casa. Na semana passada, ele chegou a se encontrar com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, um dos articuladores de seu impeachment 24 anos atrás, para dissuadi-lo de votar contra a petista. 


Link deste artigo: https://ultimosegundo.ig.com.br/politica/2016-08-30/collor-compara-acao-contra-dilma-a-sua.html