Tamanho do texto

"Há dois anos, na disputa pelo diretório municipal, o Andrea também desistiu quando percebeu que perderia. Talvez ele tenha dificuldade em aceitar uma derrota", disse o vereador

Andrea Matarazzo se desfiliou do PSDB
Ronaldo Silva/Futura Press - 28.9.15
Andrea Matarazzo se desfiliou do PSDB

O vereador Mario Covas Neto, presidente do PSDB paulistano, ironizou a decisão do vereador Andrea Matarazzo de se desfiliar do PSDB e abandonar as prévias que definirão o candidato do partido à Prefeitura de São Paulo.

"Há dois anos, na disputa pelo diretório municipal, o Andrea também desistiu quando percebeu que perderia. Talvez ele tenha dificuldade em aceitar uma derrota. Não tinha porque sair do partido. Não me conformo que a decisão dele tenha sido essa", afirmou o vereador tucano.

O segundo turno das prévias tucanas ocorrem neste domingo (20) e contam agora com apenas um pré-candidato, o empresário João Doria, que é aliado do governador Geraldo Alckmin.

Segundo Covas Neto, o julgamento do pedido de impugnação feito contra Doria, que é acusado de compra de votos e abuso de poder econômico nas prévias, perdeu força com a decisão do vereador.

Leia também:  Desmascarado pelo "Diário de S. Paulo", Andrea Matarazzo se complica em nota

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.