Juíza do Rio de Janeiro também suspende posse de Lula na Casa Civil

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Magistrada diz que tentativa de tirar processo contra Lula do juiz federal Sérgio Moro "fere de morte o Sistema Jurídico"; medida se soma à decisão de juiz do Distrito Federal

Ex-presidente Lula tomou posse na Casa Civil ao lado de Dilma Rousseff na manhã desta quinta
Roberto Stuckert Filho/PR - 17.03.16
Ex-presidente Lula tomou posse na Casa Civil ao lado de Dilma Rousseff na manhã desta quinta

A juíza da 6ª Vara da Justiça Federal no Rio de Janeiro, Regina Coeli Formisano, deferiu nova liminar que suspende a posse do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como ministro-chefe da Casa Civil. A medida se soma à decisão do juiz do Tribunal de Justiça Federal do DF Itagiba Catta Preta Neto, que também havia sustado a posse de Lula, oficializada em cerimônia na manhã desta quinta-feira (17).

Atendendo a Ação Popular apresentada pelos advogados Thiago Schettino Gondim Coutinho e Murilo Antônio de Freitas Coutinho, a juíza considerou em sua decisão que "não fogem à realidade" as insinuações de que a nomeação de Lula teria como objetivo "blindar" o ex-presidente e evitar que ele fosse julgado pelo juiz Sérgio Moro, que conduz a Operação Lava Jato.

"Tal proceder fere de morte o princípio constitucional do Juiz Natural e o Sistema Jurídico. Por outro lado, não se afigura razoável que a presidente da República deste País, tente obstruir o curso da Justiça em qualquer grau de jurisdição", escreveu a magistrada.

Bem como no caso da decisão do juiz Catta Preta Neto, cabe recurso da decisão.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas