Casal pró-Dilma é agredido em manifestação pelo impeachment da presidente em SP

Por iG São Paulo * | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Dupla passava pela Avenida Paulista quando se pronunciou contra os gritos que pediam a retirada de Lula de ministério

Protesto na Avenida Paulista foi improvisado de última hora e reuniu diversos manifestantes
Dario Oliveira/Estadão Conteúdo - 16.03.16
Protesto na Avenida Paulista foi improvisado de última hora e reuniu diversos manifestantes

Um casal pró-governo foi agredido por manifestantes contrários a Dilma Rousseff e ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na noite desta quarta-feira (16) na Avenida Paulista, em São Paulo. A dupla passava pelo local quando se pronunciou contra os gritos que pediam a retirada de Lula do Ministério da Casa Civil.

Por conta do protesto, a Avenida Paulista foi interditada. Eles vestem camisas do Brasil, seguram bandeiras e cartazes contra a presidente Dilma Rousseff e o ministro Lula. Além disso, cantam o hino nacional, entoam palavras de ordem contra o governo petista, gritam “Renuncia, renuncia”, batem panelas e fazem barulhos com vuvuzelas. A Polícia Militar não divulgou o número de manifestantes.

Veja abaixo alguns vídeos do protesto na Avenida Paulista:





Nas redes sociais, as manifestações ganham destaque. A hashtag #OcupaBrasilia está em primeiro lugar no trending topics (os dez assuntos mais comentados na rede) no Brasil e em segundo no mundo. No Twitter, há comentários como "Vamos, gente! Vamos lá! Vamos ficar, até Dilma renunciar!" e "Sérgio Moro é herói, arriscou sua carreira inteira liberando esses áudios! Esse sim é um cidadão de verdade".

Há também manifestações e/ou panelaços anti-governo em Brasília, Fortaleza, Belo Horizonte e Porto Alegre. No Plenário da Câmara, um grupo de deputados também pediram a renúncia de Dilma Rousseff.

Panelaços e buzinaços

Na Avenida Paulista e em outras regiões de São Paulo houve buzinaços e moradores bateram panelas. Pinheiros, na zona oeste, Praça da Árvore, na zona sul, Mooca, na zona oeste, e Parada Inglesa, na zona norte, foram alguns bairros onde houveram protestos. Outros Estados do País também registraram manifestações contra o governo.

Em frente ao Instituto Lula, no Ipiranga, zona sul de São Paulo motoristas também passaram com carros buzinando. No entanto, houve confronto entre opositores do governo e apoiadores. Veja abaixo:



Veja nos vídeos abaixo os panelaços e buzinaços que tiveram:







*Com Agência Brasil

Leia tudo sobre: políticalulaigspsão pauloavenida paulistadilma rousseffcasa civil

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas