Em frente ao Pavilhão de Autoridades, localizado em uma das vias mais movimentadas de São Paulo, pessoas gritam palavras contra o ex-presidente e de incentivo ao trabalho da PF

Polícia Federal na frente do prédio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva
Reprodução/TV Globo
Polícia Federal na frente do prédio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está prestando depoimento no Pavilhão de Autoridades, que fica localizado ao lado do aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo. A informação foi confirmada pelo Procurador do Ministério Público, Carlos Fernando dos Santos Lima.

Lula chegou ao local por volta das 8h da manhã e permanece dentro do pavilhão. Ainda não há maiores informações sobre o depoimento.

O ex-ministro e atualmente deputado federal Orlando Silva está no local prestando apoio ao ex-presidente. "Vim aqui, como deputado federal do PCdoB e como colaborador de Lula, prestar solidariedade ao presidente. Considero a ação de hoje, o espetáculo que foi armado hoje, um acontecimento muito grave. O presidente Lula nunca se recusou a prestar nenhum esclarecimento e sempre se colocou à disposição para prestar esclarecimentos", disse.

De acordo com a Procuradoria da República no Estado do Paraná, há evidências de que o ex-Presidente Lula recebeu valores oriundos do esquema Petrobras por meio da destinação e reforma de um apartamento triplex e de um sítio em Atibaia, da entrega de móveis de luxo nos dois imóveis e da armazenagem de bens por transportadora. Também são apurados pagamentos ao ex-Presidente, feitos por empresas investigadas na Lava Jato, a título de supostas doações e palestras.

Na manhã desta sexta-feira (4), a Polícia Federal deflagrou a 24ª fase da Operação Lava Jato, os agentes cumprem mandados nos endereços do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do seu filho, Fabio Luiz Lula da Silva. O Instituto Lula confirmou que há agentes também em sua sede no Ipiranga, no sudeste da capital paulista.

Manifestantes protestam contra o ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, em frente à Polícia Federal no Aeroporto de Congonhas, Zona Sul de São Paulo (SP), na manhã desta sexta-feira (4)
Renato S. Cerqueira/Futura Press - 4.3.16
Manifestantes protestam contra o ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, em frente à Polícia Federal no Aeroporto de Congonhas, Zona Sul de São Paulo (SP), na manhã desta sexta-feira (4)

A Operação foi batizada de Aletheia em referência a expressão grega que significa busca da verdade. Cerca de 200 policiais estão nas ruas e 30 auditores da Receita para cumprir 44 ordens judiciais, entre elas 33 mandados de busca e apreensão e 11 de condução coercitiva em São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia.

Em frente ao Pavilhão de Autoridades, localizado em uma das vias mais movimentadas de São Paulo, pessoas gritam de seus carros palavras contra o ex-presidente e de incentivo ao trabalho da Polícia Federal. Buzinas também são ouvidas com frequência, enquanto ainda não há qualquer informação oficial sobre o depoimento de Lula.

Veja imagens da Operação Lava Jato na casa de Lula


    Leia tudo sobre: Lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.