Novo ministro da Justiça comandou MP da Bahia por dois mandatos consecutivos

Por Estadão Conteúdo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Wellington César Lima e Silva chefiou Ministério Público entre 2010 e 2014 e atuou como interlocutor entre as instituições

Estadão Conteúdo

Wellington César Lima e Silva, de 50 anos, foi indicação do ministro da Casa Civil, Jaques Wagner
MILA CORDEIRO/AGÊNCIA A TARDE/ESTADÃO CONTEÚDO
Wellington César Lima e Silva, de 50 anos, foi indicação do ministro da Casa Civil, Jaques Wagner

Com 50 anos, o novo ministro da Justiça, Wellington César Lima e Silva, tem 25 anos de carreira e exercia os cargos de procurador de Justiça do Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) e de Procurador-Geral de Justiça Adjunto para Assuntos Jurídicos.

Silva também já comandou por dois mandatos consecutivos o Ministério Público do Bahia, entre 2010 a 2014. No período, ele defendeu a manutenção da maioridade penal e atuou como interlocutor na relação entre instituições, especialmente na aproximação do órgão com as Polícias Civil e Militar. A posse do novo ministro, que substituirá José Eduardo Cardozo, deve acontecer na próxima quinta-feira (3)

Indicação do ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, o futuro ministro é Mestre em Ciências Criminais e doutorando em Direito Penal e Criminologia.

Nascido em Salvador, Wellington César é formado em direito pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e ingressou no MP em 1991; foi promotor nas comarcas de Itagimirim, Tucano e Feira de Santana. Em 1995, ele foi promovido para Salvador, onde atuou na Promotoria de Justiça de Assistência, na 6ª Vara Criminal e na Central de Inquéritos do MP. Também ocupou o cargo de assessor especial do procurador-geral de Justiça nos anos de 1996, 1999 e 2000.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas