Lula evita depoimento ao MP-SP com o envio de explicações sobre tríplex

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Ex-presidente e sua mulher, Marisa Letícia, protocolaram habeas corpus na Justiça para escapar de condução coercitiva

MP-SP investiga se apartamento no litoral paulista seria de Lula e de sua mulher, Marisa Letícia
Motta Jr./Futura Press
MP-SP investiga se apartamento no litoral paulista seria de Lula e de sua mulher, Marisa Letícia

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva informou, por meio de nota divulgada pelo seu instituto na tarde desta segunda-feira (29), que ele e sua mulher, Marisa Letícia, não irão comparecer ao depoimento para prestar informações sobre a compra de um tríplex no Guarujá (SP), inicialmente marcado para ocorrer nesta quinta-feira (3).

Lula entrou com um pedido de habeas corpus preventivo no Tribunal de Justiça de São Paulo para evitar que ele e dona Marisa fossem levados à força para depor. A intimação enviada pelo promotor de justiça Cássio Conserino previa a possibilidade de condução coercitiva dos dois ao Ministério Público Estadual, conforme confirmou o assessor de imprensa do Instituto Lula, José Crispriniano, à reportagem do iG.

Os advogados do ex-presidente consideraram essa "ameaça" ilegal e, por isso, optaram pelo envio dos esclarecimentos por escrito, além do pedido de habeas corpus.

Além da abordagem do MP-SP, a defesa de Lula também contesta a atuação do promotor Cássio Conserino nas investigações sobre o tríplex no edifício Solaris. A força-tarefa que apura o caso suspeita que Lula e Marisa sejam os verdadeiros donos do imóvel, que está registrado como propriedade da construtora OAS.

O primeiro depoimento do ex-presidente e de sua mulher sobre o caso estava marcado para acontecer no último dia 17, mas foi suspenso um dia antes pelo Conselho Nacional do Ministério Público.

Em nota, o ex-presidente e sua mulher afirmaram ter o "desejo de prestar depoimento à autoridade imparcial e dotada de atribuição, que respeite os princípios do promotor natural”.

Leia tudo sobre: LulaMarisaTríplexMinistério PúblicoEdifício SolarisGuarujá

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas