Eleições tucanas: com medo da derrota, adversários tentam impugnar nome de Doria

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Favoritismo de candidato apoiado pelo governador Geraldo Alckmin levou Alberto Goldman e José Aníbal a recorrerem à executiva municipal do PSDB

Favorito em disputa, João Doria Jr. aguarda apuração das prévias do partido na Câmara Municipal de SP
VANESSA CARVALHO/BRAZIL PHOTO PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO - 28.2.16
Favorito em disputa, João Doria Jr. aguarda apuração das prévias do partido na Câmara Municipal de SP

Não foi só a briga entre apoiadores dos pré-candidatos do PSDB à Prefeitura de São Paulo que agitou o domingo (28). Dois dos caciques do partido, que escolheu neste domingo o nome que vai representar os tucanos nas eleições municipais de outubro, decidiram encaminhar um pedido de impugnação do nome de João Doria Jr., candidato apoiado pelo governador Geraldo Alckmin, à executiva municipal do PSDB. O pedido foi feito pelo ex-governador Alberto Goldman e o presidente do instituto Teotônio Vilela, José Aníbal.

Disputaram a preferência tucana, além de Doria, o vereador Andrea Matarazzo (aliado de Goldman) e o deputado federal Ricardo Tripoli (aliado de Aníbal).

Os adversários de Doria, favorito na disputa, alegam que o empresário cometeu abuso de poder econômico, propaganda irregular, transporte de eleitores no dia da votação e infrações da lei da Cidade Limpa.

A petição de Aníbal e Goldman, além da impugnação, quer que o partido adote sanções disciplinares contra Doria.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas