Senado corrige erro e nega saída de Delcídio da Comissão de Assuntos Econômicos

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Senador do PT foi retirado da relação de titulares da comissão; PT vai indicar Gleisi Hoffmann para a presidência do grupo

Agência Brasil

Nome do senador Delcídio do Amaral voltou a constar em lista de integrantes da comissão
Geraldo Magela /Agência Senado - 23.6.15
Nome do senador Delcídio do Amaral voltou a constar em lista de integrantes da comissão

A Secretaria-Geral da Mesa do Senado informou na tarde desta terça-feira (23) que a publicação, na última quinta-feira (18), da substituição do senador Delcídio do Amaral (PT-MS) pelo senador Donizeti Nogueira (PT-TO) como integrante titular na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) foi um equívoco. 

"Tivemos o lançamento de uma nota errada e já foi corrigido", esclareceu a secretaria. No Diário do Senado desta terça-feira (23), o nome de Delcídio voltou a constar como integrante da comissão. 

A Agência Brasil publicou mais cedo a substituição, com base no documento divulgado no Diário do Senado do dia 18. No entanto, a publicação da troca só poderia ter sido feita após a leitura, no plenário da Casa, do ofício da Liderança do PT que pede a substituição.

De acordo com os critérios de proporcionalidade, cabe ao PT a indicação do presidente da CAE. No retorno do recesso legislativo, a liderança do partido decidiu indicar a senadora Gleisi Hoffmann (PR) para a função. Apesar da prerrogativa do PT, o nome de Gleisi precisa passar pela formalidade de uma eleição no colegiado.

A definição da indicação da senadora foi acertada na quarta-feira (17), durante reunião na residência oficial do Senado, com participação dos senadores Renan Calheiros (PMDB-AL), presidente do Senado, Raimundo Lira (PMDB-PB), presidente em exercício da CAE, Humberto Costa (PE), líder do PT na Casa, além da própria Gleisi.

Leia tudo sobre: Delcídio do AmaralSenadoCAE

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas