Integrantes do Movimento Brasil Livre defendem intervenção imediata na política e há até aqueles que pregam “tortura na hora certa”

Agência Câmara

Integrantes do Movimento Brasil Livre protocolaram, há pouco, na Presidência da Câmara pedido de impeachment da presidente da República, Dilma Rousseff. Renan Santos, coordenador do movimento, disse que o presidente da Casa, Eduardo Cunha, assumiu o compromisso de que fará a análise técnica adequada. 

Leia mais:

Manifestantes defendem Impeachment, intervenção militar e “tortura na hora certa”

 Manifestantes defendem Impeachment, intervenção militar e “tortura na hora certa”
Valter Campanato/Agência Brasil
Manifestantes defendem Impeachment, intervenção militar e “tortura na hora certa”

Líderes do PSDB, Democratas e Minoriaacompanharam os manifestantes. Segundo o líder tucano, deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP), o pedido de impeachment é baseado na doutrina, na técnica e na jurisprudência.

Qualquer que seja a decisão da Presidência da Câmara, pelo arquivamento ou não da matéria, há possibilidade de recurso.

Militantes fazem protesto exigindo impeachment de Dilma Rousseff


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.