Luís Roberto Barroso, Marco Aurélio e Celso de Mello entendem que indicado por Dilma é capacitado para a função

Agência Brasil

Três ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) elogiaram nesta quarta-feira (13) o desempenho do jurista Luiz Edson Fachin durante sabatina na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado . Para os ministros Luís Roberto Barroso, Marco Aurélio e Celso de Mello, Fachin está qualificado para ocupar uma vaga no tribunal, na cadeira do ex-ministro Joaquim Barbosa, que se aposentou no ano passado.

Fachin foi aprovado na madrugada desta terça (13) pela CCJ por 20 votos a 7. Antes de tomar posse no STF, o nome do jurista precisa ser aprovado também pelo plenário da Casa. A votação está prevista para a próxima terça-feira (19).

Luiz Fachin chorou ao lembrar da origem humilde de sua família durante sabatina que avalia sua indicação ao STF
Agência Senado / Divulgação
Luiz Fachin chorou ao lembrar da origem humilde de sua família durante sabatina que avalia sua indicação ao STF

Para o ministro Roberto Barroso, o Supremo ganhará um jurista de qualidade, por tratar-se de um homem decente e qualificado para o cargo. "Acho que ele se saiu muito bem [na sabatina], demonstrando que é uma pessoa qualificada intelectualmente e decente do ponto de vista moral. Acho que foi um bom dia para o Senado, que desempenhou seu papel de forma meritória. E acho que foi bom para o país, pela aprovação de um bom nome para o Supremo," disse.

Leia mais: Sob regência de Cunha, Câmara aprova PEC da Bengala

Marco Aurélio Mello entende que Fachin saiu mais fortalecido da sabatina no Senado
Nelson Jr./ASICS/TSE – 09.05.2013
Marco Aurélio Mello entende que Fachin saiu mais fortalecido da sabatina no Senado

O ministro Marco Aurélio completou que Fachin é um grande nome para o tribunal. Sobre uma possível desaprovação pelo plenário do Senado, o ministro afirmou que o jurista não pode ser utilizado como instrumento de retaliação contra o Poder Executivo. "A minha avaliação é que ele saiu maior do que entrou. É um pensador do Direito. É um acadêmico respeitado no Brasil e no exterior", concluiu.

Na avaliação do ministro Celso de Mello, decano do Supremo, o Senado agirá com sabedoria e observará  as exigências da Constituição para aprovação de Fachin. "Eu sei e tenho absoluta convicção de que o professor Luiz Edson Fachin será um grande juiz do Supremo Tribunal Federal. Ele tem alta qualificação profissional e representa, na área jurídica, o que pode haver de melhor", declarou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.