Mulher interrompeu entrevista de manifestante que defendia impeachment da presidente e intervenção militar

Um grupo de manifestantes que protestava contra o PT e a presidente Dilma Rousseff neste domingo (12) hostilizou, com xingamentos, uma defensora da presidente. A ação foi filmada pelo grupo Mídia Ninja. 

Leia mais:  "Dilma e o PT são um câncer", diz ativista durante manifestação; veja vídeo

Grupo pró-impeachment promete marcha de SP a Brasília para pressionar Congresso

Ainda que menores, protestos seguem sendo 'preocupantes para governo'

A mulher identificada Denise Aparecida de Almeida, de 55 anos, interrompeu entrevista de manifestante que defendia a intervenção militar e impeachment para defender a atual presidente. "Vai botar quem no lugar dela, você acha que foi a Dilma que botou isso ai?", disse ela após o entrevistado mandar a presidente pedir "para sair". Os dois começaram a discutir. "O PT é uma bosta, aquela mulher é uma bosta", respondeu o homem. 

A discussão chamou atenção de outros participantes, que gritaram "fora petralhas". Os manifestantes mandaram Denise "ir para Cuba". Uma das participantes tentou passar a bandeira brasileira no rosto de Denise. Após alguns minutos de confusão, policiais militares tiraram a mulher do meio, sob vaia dos outros manifestantes. "Prova que ela [Dilma] é ladra. É muito fácil falar", gritava de volta a mulher. 

Veja 100 imagens dos protestos deste domingo (12)


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.