Juliana Isen exibiu-se durante protesto neste domingo em São Paulo; ensaio será publicado na revista "Sexy"

Juliana Isen, que no primeiro protesto mostrou os seios, fez ensaio para a revista
Reprodução/Instagram
Juliana Isen, que no primeiro protesto mostrou os seios, fez ensaio para a revista "Sexy" na Avenida Paulista

Juliana Isen, que foi um dos destaques na manifestação de 15 de março, em São Paulo, conseguiu prorrogar os minutos de fama. A empresária, que no mês passado mostrou os seios na Avenida Paulista (em alguns momentos os mamilos foram cobertos pelos adesivos de "Fora Dilma"), desta vez usou o protesto para fazer a segunda parte de um ensaio nu para a revista erótica "Sexy".

Leia também“Ser direita é não gostar do PT”, diz empresária que tirou roupa em protesto

Entre manifestantes e policiais, ela apareceu na tarde deste domingo (12) usando um maiô completamente transparente. Coberta parcialmente por um roupão, Juliana escondia as partes íntimas com uma das mãos.

Leia tambémCom adesão menor, protestos voltam às ruas neste domingo

A empresária passou a ter assessor de imprensa e empresário (Cacau Oliver, o mesmo que organiza o Concurso Miss Bumbum e é empresário de Andressa Urach) depois de se manifestar com os seios nus na Avenida Paulista no mês passado.

Em entrevista ao iG , ela avaliou que todos que são contra o PT, como ela, são de direita.




    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.