"Perder um filho é uma dor sem limites", escreve Alckmin em rede social

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

A mulher do governador, Lu Alckmin, já havia feito uma homenagem ao filho na mesma rede social; Thomas Alckmin morreu em um acidente de helicóptero na quinta (2)

Após retornar da missa de sétimo dia do filho, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, usou uma rede social para se manifestar pela primeira vez após a morte de Thomaz Alckmin, vítima fatal de um acidente de helicóptero na quinta-feira (2).

Em sua página no Facebook, o governador postou na noite de quarta-feira (8) uma foto junto de Thomaz e um depoimento em que agradece as mensagens de apoio, solidariedade e carinho. Diz ainda que as manifestações "estão sendo muito importantes para a família no momento".

Reprodução Facebook
"Perder um filho é uma dor sem limites", escreve Alckmin em rede social

 "Perder um filho é uma dor sem limite. Só a fé e a solidariedade dos amigos nos ajudam a suportá-la neste momento. Acabo de retornar da Missa de Sétimo Dia do nosso filho Thomaz. Na segunda-feira, ele teria feito 32 anos. A Lu Alckmin e eu agradecemos a todos pelas mensagens de apoio, solidariedade e carinho. Elas estão sendo muito importantes para nossa família neste momento."

O governador também compartilhou na rede social a reflexão de Santo Agostinho que sua esposa Lu Alckmin postou nesta quarta-feira (8) em uma homenagem ao filho.

Lu Alckmin posta foto do filho com uma mensagem sobre o amor
Reprodução Facebook
Lu Alckmin posta foto do filho com uma mensagem sobre o amor













O acidente

Thomaz era um dos passageiros do helicóptero que caiu no final da tarde do dia 2 de abril, no município de Carapicuíba, na grande São Paulo.

Leia mais: Thomaz Alckmin é sepultado em Pindamonhangaba

Pai de duas meninas, Thomaz, de 31 anos, era amigo do piloto da aeronave da empresa Seripatri, Carlos Haroldo Isquerdo Gonçalves, 53, que também morreu no acidente. Além dos dois, foram a óbito os outros três passageiros que estavam no helicóptero: os mecânicos Paulo Henrique Moraes, 42, Erick Martinho, 36, e Leandro Souza, 34.

Leia também: Alckmin não sai do lado do caixão; corpo de Thomaz está sem ferimentos aparentes

Filho caçula do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, Thomaz Alckmin foi a quinta vítima fatal de um acidente de helicóptero. Foto: Instagram/ReproduçãoFilho caçula do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, Thomaz Alckmin foi a quinta vítima fatal de um acidente de helicóptero. Foto: Instagram/ReproduçãoFilho caçula do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, Thomaz Alckmin foi a quinta vítima fatal de um acidente de helicóptero. Foto: Instagram/ReproduçãoFilho caçula do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, Thomaz Alckmin foi a quinta vítima fatal de um acidente de helicóptero. Foto: Instagram/ReproduçãoFilho caçula do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, Thomaz Alckmin foi a quinta vítima fatal de um acidente de helicóptero. Foto: Instagram/ReproduçãoFilho caçula do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, Thomaz Alckmin foi a quinta vítima fatal de um acidente de helicóptero. Foto: Instagram/ReproduçãoThomaz Alckmin (à esquerda), ao lado dos irmãos Sophia e Geraldo. Foto: Reprodução/FacebookThomaz ao lado da mãe, Lu Alckmin. Foto: Eliana Rodrigues/DivulgaçãoReprodução do Instagram da mulher de Thomaz Alckmin, filho do governador de São Paulo que morreu em acidente de helicóptero nesta sexta-feira (2 de março). Foto: Reprodução/InstagramHelicóptero que matou cinco pessoas, entre elas o filho caçula de Alckmin, caiu em um condomínio na Grande São Paulo . Foto: Reprodução/TV GloboO governador Geraldo Alckmin fazia um giro pelo interior paulista quando soube do acidente com o filho caçula, Thomaz (02/04/2015). Foto: Reprodução







compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas