Dilma e políticos de diferentes partidos lamentam tragédia com filho de Alckmin

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Thomaz Alckmin, de 31 anos, foi uma das vítimas de acidente com helicóptero em Carapicuíba (SP)

A presidente Dilma Rousseff emitiu nota oficial expressando pesar pela trágica morte do filho do governador Geraldo Alckmin. "Com muito pesar e tristeza, apresento ao governador Geraldo Alckmin e a sua esposa Senhora Maria Lúcia Alckmin meus sinceros e profundos pêsames pela morte de seu filho Thomaz Alckmin, que estava entre as vítimas do trágico acidente de helicóptero, ocorrido em São Paulo". A nota presidencial conclui estendendo as condolências aos familiares das demais vítimas.  "Presto, neste momento de dor e consternação, minha solidariedade e sentidos pêsames aos pais, familiares e amigos das vítimas".

Políticos de diferentes partidos, aliados ou adversários, estão usando as redes sociais para prestar solidariedade ao governador paulista Geraldo Alckmin (PSDB), que perdeu o filho Thomaz Alckmin na queda de um helicóptero ocorrida nesta quinta-feira (2) em Carapicuíba, na grande São Paulo.

Leia também: Filho de Alckmin é confirmado como quinta vítima de acidente de helicóptero

Leia também: PSDB-SP lamenta morte de Thomas Alckmin

O presidente nacional do PT, Rui Falcão escreveu no Twitter: "Tristeza profunda. Meus sentimentos ao governador Geraldo Alckmin, à dona Lu e à família pela perda do filho Thomaz Alckmin".

Chefe da Casa Civil do governo paulista, Edson Aparecido, se comprometeu a se manter ainda mais próximo de Geraldo Alckmin nesse momento difícil.

"É uma tristeza muito grande receber a notícia de que o jovem Thomaz nos deixou hoje vítima de um acidente chocante. Um rapaz alegre, tão cheio de vida e projetos. Peço a Deus que conforte à Dona Lu, ao Governador Geraldo Alckmin e seus filhos nessa hora de dor. Eu e minha família seguiremos juntos com vocês no que for preciso", escreveu no Facebook.

No Twitter, o deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP) se disse consternado com a tragédia. "Consternado com o falecimento de Thomas, filho do governador Geraldo Alckmin, em queda de helicóptero. Meu afeto e minha solidariedade à família".

Deputado federal pelo PSDB, Ricardo Trípoli lembrou que o filho do governador de São Paulo foi colega de sua esposa. "Thomaz Alckmin era pai dedicado e filho exemplar. Minha esposa, Suzana Tripoli, teve o privilégio de conviver com ele no Colégio Objetivo", relembrou.

Já a ex-ministra dos Direitos Humanos, Maria do Rosário (PT), escreveu no Twitter um protesto contra as manifestações que "desprezem a dor de uma família. Solidariedade não é limitada à opinião política. Alguns deveriam se envergonhar de sua pequenez", advertiu contra aqueles que, em redes sócias, comemoraram a tragédia.

Leia tudo sobre: Thomaz AlckminHelicópteroMortePSDB

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas