Congresso decide sobre vetos presidenciais e pode votar Orçamento

Por Agência Câmara |

compartilhe

Tamanho do texto

Parte dos parlamentares defende a derrubada do veto de Dilma a um reajuste uniforme de 6,5% aprovado pelo Congresso

Agência Câmara

O Congresso realiza sessão nesta quarta-feira (11), às 11h, para votar vetos presidenciais e o Orçamento de 2015 (PLN 13/2014). A decisão sobre o reajuste da tabela do Imposto de Renda deve causar discussão em Plenário.

Parte dos parlamentares defende a derrubada do veto da presidente Dilma Rousseff a um reajuste uniforme de 6,5% aprovado pelo Congresso no ano passado (VET 4/2015). Na terça (10), porém, líderes partidários fecharam um acordo com o governo para um reajuste escalonado, de 4,5% a 6,5%, de acordo com a faixa de renda.

Em relação ao Orçamento, o relator da proposta, Romero Jucá (PMDB-RR), disse estar confiante em sua votação nesta quarta. Ele entregou novo relatório na semana passada incluindo R$ 2,67 bilhões em emendas de novos parlamentares eleitos em outubro.

"O Orçamento está pronto para ser votado. É importante que seja aprovado para que a gente comece os investimentos e retome o ritmo do governo", disse Jucá.

Para evitar atraso na discussão dessas matérias, foi tirado de pauta o projeto de resolução que regulamenta a votação eletrônica de vetos (PRN 1/2015). O relator da proposta, Jorge Viana (PT-AC), anunciou novos ajustes para atender reivindicações de parlamentares, mas ainda pode haver divergências no que diz respeito ao exame de destaques - pedidos para votação de trechos do veto em separado.

 Congresso decide sobre vetos presidenciais e pode votar Orçamento
Moreira Mariz/Agência Senado
Congresso decide sobre vetos presidenciais e pode votar Orçamento


Leia tudo sobre: congressovetopresidenciaisOrçamentodilma

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas