Financial Times diz que Rolls-Royce pagou propina a funcionários da Petrobras

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Ex-gerente da estatal, Pedro Barusco teria recebido US$ 200 mil; além de carros de luxo, empresa fabrica turbinas de gás

Agência Brasil

O jornal britânico Financial Times publicou reportagem nesta segunda-feira (16) na qual afirma que a Rolls-Royce pagou suborno a funcionários da Petrobras para conseguir um contrato de US$ 100 milhões com a estatal brasileira. A empresa, famosa pelos carros de luxo, também fabrica turbinas de gás para plataformas de petróleo.

Ex-gerente da Petrobras teria recebido US$ 200 mil para garantir contrato de US$ 100 milhões entre estatal e fabricante de carros de luxo
Divulgação
Ex-gerente da Petrobras teria recebido US$ 200 mil para garantir contrato de US$ 100 milhões entre estatal e fabricante de carros de luxo

Leia mais: Youssef afirma que Argôlo participava do esquema de propina da Petrobras

Navio-plataforma da Petrobras operava de forma irregular, diz Crea

Na reportagem, publicada com destaque na capa, o Financial Times cita depoimento do ex-gerente da Petrobras Pedro Barusco, que teria dito à polícia que recebeu pelo menos U$ 200 mil da Rolls-Royce. O depoimento faz parte da investigação divulgada pela Justiça Federal brasileira.

Na resposta ao jornal, de acordo com a reportagem, a Rolls-Royce disse que “não tolera conduta empresarial indevida de qualquer tipo”, e tomará “as medidas necessárias para garantir o cumprimento das leis”.

Leia tudo sobre: PetrobrascorrupçãoFinancial Times

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas