A eleição da Mesa Diretora, que é composta pela Presidência, duas vice-presidências, quatro secretarias e igual número de suplências, está marcada para as 18 horas

Agência Câmara

De acordo com cálculos da Secretaria-Geral da Mesa (SGM) da Câmara dos Deputados, a ordem de escolha, pelos blocos partidários, dos 11 cargos daMesa Diretora, elaborada a partir do sistema de proporcionalidade partidária, é a seguinte:

- Primeiro bloco a escolher: bloco PMDB, PP, PTB, DEM, PRB, SD, PSC, PHS, PTB, PMN, PRP, PSDC, PEN, PRTB.

- Segundo bloco a escolher: bloco PMDB, PP, PTB, DEM, PRB, SD, PSC, PHS, PTB, PMN, PRP, PSDC, PEN, PRTB.

- Terceiro bloco a escolher: bloco PT, PSD, PR, PROS, PCdoB.

- Quarto: bloco PMDB, PP, PTB, DEM, PRB, SD, PSC, PHS, PTB, PMN, PRP, PSDC, PEN, PRTB.

- Quinto: bloco PT, PSD, PR, PROS, PCdoB.

- Sexto: bloco PSDB, PSB, PPS, PV.

- Sétimo: bloco PMDB, PP, PTB, DEM, PRB, SD, PSC, PHS, PTB, PMN, PRP, PSDC, PEN, PRTB.

- Oitavo: bloco PT, PSD, PR, PROS, PCdoB.

- Nono: bloco PSDB, PSB, PPS, PV.

- Décimo: bloco PMDB, PP, PTB, DEM, PRB, SD, PSC, PHS, PTB, PMN, PRP, PSDC, PEN, PRTB.

- Décimo-primeiro: bloco PT, PSD, PR, Pros, PCdoB.

De acordo com o Regimento Interno da Câmara, na escolha dos cargos da Mesa, é respeitada a proporcionalidade partidária, ou seja, o partido ou bloco parlamentar com o maior número de deputados eleitos tem direito a escolher o cargo mais desejado pela legenda. No entanto, também são permitidas candidaturas avulsas de qualquer deputado para os cargos da Mesa que couberem a seu partido ou bloco. Elas são equiparadas às oficiais e devem ser comunicadas por escrito ao presidente da Câmara.

Apenas a disputa pela Presidência da Câmara não segue essa regra. Na prática, qualquer partido pode lançar candidato à Presidência da Casa.

A eleição da Mesa Diretora, que é composta pela Presidência, duas vice-presidências, quatro secretarias e igual número de suplências, está marcada para as 18 horas.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.