Em café da manhã com jornalistas, o ministro defendeu o colega da Cultura e disse que toda equipe está focada na “agenda de futuro” proposta por Juca em sua posse

O ministro Miguel Rossetto, da Secretaria Geral da Presidência da República, ao comentar as investidas da senadora Marta Suplicy contra o ministro da Cultura Juca Ferreira, disse que as críticas feitas pela ex-ministra não abalaram a confiança da presidente Dilma Rousseff no novo ministro.

Em posse, Juca Ferreira diz que vai pedir recurso do pré-sal para cultura

Juca Ferreira quer fomentar programa Pontos de Cultura e reestruturar Funarte

Dilma busca postos estratégicos para coringas no novo governo

Miguel Rossetto
Fotos Públicas
Miguel Rossetto

“Estamos muito bem com o ministro Juca, que isso fique bem claro. A presidente Dilma está muito entusiasmada com a capacidade de trabalho do ministro Juca. Penso que a posse ontem dá conta não só da capacidade de trabalho, da autoridade, como da expectativa do mundo cultural brasileiro no nosso governo. Este é o tema central nós estamos focados nesta agenda de futuro”, disse Rossetto nesta terça-feira (13), em café da manhã com jornalistas, no Palácio do Planalto.

Ao falar sobre as movimentações de Marta, Rossetto ressaltou: “Ela saiu do ministério há tempos”, disse o ministro.

Marta deixou a pasta da cultura em dezembro do ano passado, antes que Dilma anunciasse a saída os ministros que não participariam  de seu segundo mandato. No fim de semana, véspera da transmissão de cargo no Ministério da Cultura, a senadora disse ter entregado à Controladoria Geral da União (CGU) documentos que indicam irregularidades que teriam sido cometidas durante a gestão de Juca no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Dilma terá nesta terça-feira, na parte da tarde uma conversa com o novo ministro da CGU, Valdir Simão, na qual deverá tratar do assunto.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.