Machado disse também que vão ser necessários paciência e juízo para o governo lidar com um Congresso com 28 partidos

Agência Câmara

O deputado Sibá Machado (AC), vice-líder do PT na Câmara, reconheceu há pouco que 2015 será um ano difícil na economia, mas defendeu as medidas provisórias que mudam as regras para pensões por morte e concessão do seguro-desemprego. “Estão confundindo: não é tirar direitos do trabalhador, mas sim evitar o mau uso”, ressaltou.

Machado disse também que vão ser necessários paciência e juízo para o governo lidar com um Congresso com 28 partidos.

O parlamentar se encontra no Congresso Nacional para a cerimônia de posse da presidente da República, Dilma Rousseff, e do vice-presidente, Michel Temer, marcada para as 15 horas, no Plenário da Câmara.

Veja todos os ministros de Dilma Rousseff:



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.