Os manifestantes exibiam faixas com críticas à gestão de Agnelo, e pediam o pagamento de salários atrasados

Agência Brasil

Rodrigo Rollemberg, governador eleito do DF, no dia em que anunciou os nomes dos futuros secretários
Elza Fiuza/Agência Brasil
Rodrigo Rollemberg, governador eleito do DF, no dia em que anunciou os nomes dos futuros secretários

Um grupo de manifestantes protestou nesta quinta-feira (1°) na cerimônia de transmissão do cargo de governador do Distrito Federal (DF). Eles ficaram em frente ao Palácio do Buriti aguardando a chegada do novo governador, Rodrigo Rollemberg, para receber a o cargo de seu antecessor, Agnelo Queiroz. Os manifestantes exibiam faixas com críticas à gestão de Agnelo, e pediam o pagamento de salários atrasados.

O grupo entoava frases como “Roubou demais, Agnelo nunca mais”. Rollemberg ouviu um pedido: "Bem-vindo governador, pague o salário do servidor". Ele foi recebido por Agnelo, que não foi visto pelos manifestantes. Mas, quando o nome do ex-governador foi citado pelo cerimonial, houve vaias.

Agnelo Queiroz e seu vice Tadeu Filippelli deixaram o Palácio do Buriti logo após passar a faixa de governador para Rodrigo Rollemberg.

O Distrito Federal vem sofrendo com a interrupção de serviços públicos devido à falta de pagamento do governo local a servidores. Em entrevista no mês passado, ao apresentar um diagnóstico das contas do DF, Rollemberg classificou a situação de “muito grave” e disse que o novo governo terá que fazer cortes e ampliar as receitas para reequilibrar as finanças. Na época, o governo de Agnelo Queiroz não reconheceu os números e dados apresentados e informou que estava trabalhando para entregar o DF em perfeito funcionamento e com as contas em dia.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.