odos chegaram pela Chapelaria, no subsolo do prédio do Congresso. O senador José Sarney, que está deixando a vida política, é um dos políticos presentes

Agência Brasil

Após 60 anos de vida pública, José Sarney se despede do Senado
Agência Brasil
Após 60 anos de vida pública, José Sarney se despede do Senado

O ex-presidente da República e do Congresso, José Sarney (PMDB-AP), disse nesta quinta-feira (1º), ao chegar ao Congresso para a posse da presidenta Dilma Rousseff que deseja "um governo de muita prosperidade para o Brasil".

Além de Sarney,  passaram pela chapelaria do congresso autoridades como os ministros da Casa Civil, Aloizio Mercadante; do Desenvolvimento Social e Combate a Fome, Tereza Campello; o novo titular da Secretaria de Relações Institucionais, Miguel Rossetto e o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini.

É grande a movimentação de autoridades no Congresso Nacional para posse de Dilma Rousseff nesta tarde de quinta-feira (1). Todos chegaram pela Chapelaria, no subsolo do prédio do Congresso. O senador José Sarney, que está deixando a vida política, é um dos políticos presentes.

Assim que chegam, o cerimonial encaminha os convidados para o plenário da Câmara dos Deputados, onde ocorre a sessão solene conduzida pelo presidente do Congresso, Renan Calheiros (PMDB-AL). 

Os chefes e vice-chefes de Estado e de Governo que participarão da posse chegaram pelo Anexo 1 do prédio Congresso. Pela mesma entrada, entraram os chanceleres, representantes de delegações estrangeiras e os dirigentes máximos de organismos internacionais convidados para a cerimônia. Como não há espaço suficiente no plenário, alguns convidados acompanharão a cerimônia do Salão Nobre da Câmara. De acordo com o cerimonial, cerca de 1,5 mil pessoas foram convidadas para a posse.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.