CVM abre inquérito para apurar denúncias de corrupção na Petrobras

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Órgão instaurou inquérito administrativo para apurar eventuais responsabilidades dos executivos da estatal

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) informa, por meio de nota, nesta terça-feira (30), que instaurou inquérito administrativo para apurar eventuais responsabilidades de executivos da Petrobras em denúncias de corrupção. 

O órgão informou que vai analisar seis processos administrativos envolvendo a companhia. Um dos processos foi o pedido do Ministério Público Federal para aparar as denúncias de pagamento de proprina a funcionários para realização de contratos entre a estatal e a SBM Offshore. A CVM também vai analisar os desdobramentos da Operação Lava Jato, que investiga denúncias de corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa na Petrobras, em conjunto com as diligências internas adotadas e divulgadas pela Companhia.

Além disso, serão alvo do inquérito as reclamações de investidores a respeito da política de precos adotada pela estatal de em seus negócios e nas refinarias Abreu e Lima, em Pernambuco, e Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj)


Leia tudo sobre: CVMoperação lava jatopetrobrasdenúncias

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas