Prefeito de Arraial do Cabo é cassado e município deverá ter nova eleição

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Wanderson Cardoso de Brito, o Andinho (PMDB), e seu vice, Reginal Mendes Leite (PT), são acusados de abuso de poder

Agência Brasil

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) manteve a cassação do prefeito de Arraial do Cabo, Wanderson Cardoso de Brito, o Andinho (PMDB), e de seu vice, Reginal Mendes Leite (PT).

Junho: Bombeiros buscam por turista dos EUA que sumiu no mar de Arraial do Cabo 

Eles são acusados de abuso de poder político, segundo o TRE, por entregar certidões do Imposto Predial e Territorial Urbano a moradores de bairros carentes, em 2012, levando-os a acreditar que estariam regularizando a posse dos imóveis em que moravam.

Como a chapa de Wanderson obteve mais do que 50% dos votos válidos na eleição municipal de 2012, será necessário novo pleito no município, localizado na Região dos Lagos fluminense.

O presidente da Câmara Municipal será comunicado para assumir a prefeitura até que seja feita a eleição suplementar para a escolha do novo prefeito.

A data da eleição ainda será definida. O TRE-RJ também tornou o prefeito inelegível por oito anos, mas ainda cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral.

Leia tudo sobre: arraia do cabotrerio de janeiro

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas