Serão destinados 2,5 milhões de hectares para estados do Acre, Amazonas, entre outros; áreas tambem são para conservação

Agência Brasil

O Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), por meio do programa Terra Legal Amazônia, destina nesta terça-feira (9) terras federais para a reforma agrária e a conservação do meio ambiente.

Veja fotos de alguns dos mais marcantes atos do MTST

Dia 1: Para líder do MST, Dilma foi a pior presidente para a reforma agrária

A cerimônia será realizada às 16h, no auditório do Instituto Chico Mendes de Biodiversidade, com a presença do ministro Miguel Rossetto.

Serão destinados 2,5 milhões de hectares para os estados do Acre, Amazonas, Pará, de Rondônia e do Tocantins. Do total, 1 milhão será para regularizar unidades de conservação ambiental de Rondônia.

Mais 6 mil hectares serão repassados ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária para ações nos municípios de Anapu e de Pacajá, no Pará. O MDA também vai destinar 1,48 milhão de hectares ao Ministério do Meio Ambiente para a conservação ambiental no Pará, Amazonas, Acre, em Rondônia e no Tocantins.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.