Datafolha aponta que 68% culpam Dilma por corrupção na Petrobras

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Levantamento ouviu 2.986 pessoas nos dias 2 e 3 de dezembro; avaliação do governo, no entanto, é estável

O instituto Datafolha divulgou neste domingo (7) pesquisa em que 68% dos entrevistados atribuem à presidente Dilma Rousseff culpa pelo escândalo de corrupção na Petrobras. Isso significa que sete em cada dez entrevistados (foram 2.986) entendem que a atual chefe do Executivo é culpada pelo atual estado da empresa. A margem de erro do levantamento é de dois pontos percentuais.

Andre Penner/AP
Dilma Rousseff manteve mesmo índice de aprovação, segundo Datafolha

Leia mais: Janot confirma que vai denunciar executivos na Lava Jato

Réus da Lava Jato questionam escutas da PF e alegam falhas da Procuradoria

Para 20% dos entrevistados, no entanto, a petista não tem qualquer responsabilidade nas denúncias de corrupção na estatal enquanto 12% não souberam responder.  

Apesar do pessimismo em relação à estatal do petróleo, a avaliação de governo da presidente mostrou-se estável. Para 42%, o governo Dilma é ótimo ou bom enquanto 33% classificam como regular e 24% como ruim ou péssimo.

Na comparação com o levantamento anterior, de 20 de outubro passado, a aprovação se manteve estável enquanto a avaliação regular caiu de 37% para 33%. A avaliação negativa subiu de 20% para 24%. 


 


Leia tudo sobre: Dilma RousseffPTPlanaltoPetrobrasavaliação de governo

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas