Lava Jato: Justiça concede mais 15 dias para PF concluir inquéritos

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Medida atende a um pedido da própria polícia, que alega precisar de mais tempo para avaliar documentos da operação

Agência Brasil

A Justiça Federal do Paraná concedeu mais 15 dias para que a Polícia Federal (PF) apresente a conclusão dos inquéritos abertos na Operação Lava Jato, que investiga esquema de pagamento de propina, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Segundo as autoridades policiais, os desvios chegaram a cerca de R$ 10 bilhões.

Divulgação/Polícia Federal
PF deflagra sétima fase da Operação Lava Jato, que investiga desvios, em 14 de novembro

A prorrogação atende a um pedido da própria PF, que alegou precisar de mais tempo para avaliar alguns documentos colhidos durante a sétima fase da operação, deflagrada no último dia 14 de novembro. Na ocasião, 25 pessoas foram presas, dentre as quais dirigentes de algumas das maiores construtoras do País.

Em seu despacho, o juiz da 13ª Vara Federal do Paraná Sérgio Moro disse que concederia o pedido, mas só desta vez, e que seria “desejável” que os inquéritos fossem concluídos ainda antes do prazo estipulado. 

Leia mais:
Entenda a operação da Polícia Federal
Justiça bloqueia R$ 100 milhões nas contas de investigados na Lava Jato
Diretora da ANP depõe e oposição diz que governo não quer investigar Petrobras
Presidente do Conselho de Ética teme que Argôlo seja primeira pizza da Lava-Jato

Com a prorrogação, os inquéritos, que expirariam no último sábado (29), terão até o dia 13 para ser concluídos. Foram prorrogados até o momento os inquéritos que investigam a participação das empreiteiras Mendes Júnior, Engevix, OAS e Galvão Engenharia e do Consórcio CNCC-Camargo Corrêa no pagamento de propinas em contratos com a Petrobras.

Leia tudo sobre: operação lava jato

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas